Colheitas para biocombustíveis serão "marginais" até 2010

Agronegócio

Colheitas para biocombustíveis serão "marginais" até 2010

Bruxelas calcula que a procura de matérias-primas para a produção de biocombustíveis aumente
Por:
140 acessos

Agência Lusa - A produção de biocombustíveis será uma saída "marginal" para as colheitas de cereais da União Européia pelo menos até 2010, segundo um relatório publicado pela Comissão Européia (CE) nesta terça-feira (31-07) sobre as perspectivas dos mercados agrícolas para o período de 2007 a 2014.

Bruxelas calcula que a procura de matérias-primas para a produção de biocombustíveis aumente, mas prevê que sejam necessários vários anos até que o desenvolvimento desses combustíveis ecológicos tenha um impacto na produção de cereais em grande escala. Segundo a CE, o cultivo para biocombustíveis "deixará de ser uma saída de mercado marginal" a partir de 2010.

Dentro dos mercados comunitários, a venda de cereais crescerá ligeiramente graças à procura emergente de bioetanol (combustível a partir de álcoois ou açúcares agrícolas) e biomassa, assim como as iniciativas empreendidas pela UE. Os líderes da UE estabeleceram como meta ampliar o uso de biocombustíveis de maneira que em 2020 represente 10% do consumo de energia nos transportes.

Em geral, a CE calcula que a renda agrícola terá uma evolução favorável a médio prazo e poderá crescer 21% entre 2006 e 2014, ainda que este aumento "esconda" diferenças entre os rendimentos dos agricultores dos países que entraram na UE antes de 2004 e os 12 que se incorporaram depois da Europa Central e do Leste Europeu.

Após a cúpula UE-Brasil, realizada em 4 de julho, em Lisboa, a Comissão Européia promoveu uma conferência mundial sobre biocombustíveis, na qual participaram o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o primeiro-ministro português, José Sócrates, além de acadêmicos e representantes de companhias do setor.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink