Com curso do Senar, jovem transforma propriedade da família na Bahia
CI
Imagem: Divulgação
AGRONEGÓCIO

Com curso do Senar, jovem transforma propriedade da família na Bahia

Rhámony e seus pais Eliene e Rubson Malheiro se dedicam à produção de maracujá, uva e leite
Por:

A decisão de participar do curso de recuperação de pastagens degradadas do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), na Bahia, transformou a vida da família do jovem Rhámony de Castro Malheiro, do município de Caetité. “Meu objetivo sempre foi trabalhar com a pecuária leiteira e o Senar me proporcionou isso. Esse curso me deu ânimo para iniciar o trabalho de recuperação de uma área do nosso sítio, que era dedicado apenas à produção de maracujá”.

A capacitação ocorreu em setembro de 2018 como uma das ações do projeto ABC Cerrado, voltado para disseminar práticas de baixa emissão de carbono na agricultura.

O coordenador do ABC Cerrado, Mateus Tavares, destaca que as ações do projeto permanecem ativas nas propriedades rurais beneficiadas. “Isso mostra que o processo é sustentável, pois foram implementadas melhorias com a utilização de tecnologias tornando a atividade atrativa economicamente. Além disso, permitiu a fixação dessa família no campo após decidir migrar da cidade para o meio rural”.

Para alcançar seu objetivo, o jovem Rhámony seguiu à risca as orientações do instrutor do Senar, João Bruno. A primeira providência foi realizar a análise de solo em uma área cedida por seus pais para que pudesse colocar em prática seus conhecimentos em agropecuária e o que aprendeu com o Senar.

Rhámony descobriu que precisava fazer a adubação específica para corrigir a acidez do solo e reposição de minerais antes de plantar o capim braquiária.“Os primeiros resultados foram tão bons que meus pais quiseram morar no sítio. Foi aí que separei outra área de um hectare para recuperar. Segui o mesmo método e então produzimos 600 fardos de feno de 15 quilos”.

“Primeiro me dediquei à formação da pastagem e depois compramos seis novilhas. Em janeiro de 2021 algumas vacas vão entrar em lactação e iniciaremos a produção de leite”.

Sobre o projeto - O ABC Cerrado foi uma ação conjunta do Ministério da Agricultura em parceria com o Senar, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Banco Mundial.

Ao todo foram recuperadas mais de 93 mil hectares de pastagens degradadas, área equivalente a 110 mil campos de futebol.

O Senar levou capacitação e assistência técnica e gerencial para 7,8 mil produtores rurais que adotaram tecnologias de baixa emissão de carbono na Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Minas Gerais, Piauí, Tocantins e no Distrito Federal.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink