Com primeira alta do ano, preço do frango vivo de Minas Gerais retorna ao recorde histórico

FRANGO VIVO

Com primeira alta do ano, preço do frango vivo de Minas Gerais retorna ao recorde histórico

Cotação do frango vivo negociado em Minas Gerais não sofreu qualquer alteração
Por:
200 acessos

Embora viesse operando em mercado firme desde novembro de 2019, por quase 80 dias a cotação do frango vivo negociado em Minas Gerais não sofreu qualquer alteração, permanecendo estável em R$3,50/kg.

Na terça-feira (12) essa imobilidade foi rompida e o produtor mineiro obteve o primeiro reajuste de 2020. De apenas cinco centavos, é verdade. Mas, com a nova cotação, o preço do frango vivo disponibilizado em Minas Gerais retorna, ao menos nominalmente, ao seu recorde histórico – os R$3,55/kg que vigoraram em 2019 por breve período , entre os dias 11 e 29 de abril.

No interior paulista (onde a primeira alta do ano, ocorrida na segunda-feira, 11, resultou somente em um retorno aos preços que também vinham sendo praticados desde novembro de 2019) a cotação permaneceu inalterada em R$3,20/kg. Mas como a demanda é firme e a oferta ajustada, a possibilidade de novo reajuste no curto prazo não está descartada.

Por ora, porém, o produtor paulista continua longe de alcançar a maior cotação já obtida pelo frango vivo no interior de São Paulo – R$3,60/kg, valor que vigorou por quase dois meses, entre os dias 13 de abril e 10 de junho de 2019.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink