Começa a vacinação contra aftosa no Espírito Santo

Agronegócio

Começa a vacinação contra aftosa no Espírito Santo

Nesta etapa, apenas animais com até 24 meses devem receber a dose que previne a doença
Por:
1319 acessos
Nesta etapa, apenas animais com até 24 meses devem receber a dose que previne a doença

Começou a primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa no Espírito Santo. Nesta fase da campanha, os pecuaristas capixabas têm todo o mês de maio para aplicar a dose em bois e búfalos com menos de 24 meses. São aproximadamente 890 mil animais nessa faixa etária, do total de 2,2 milhões de cabeças criadas no estado. Em novembro, todo o rebanho deve ser vacinado.


O estado possui mais de 30 mil propriedades de pecuária e 27,7 mil propriedades com animais em idade de vacinação. “A meta para esta etapa é de 97%, sendo a cobertura vacinal em 2010 foi de 94,66%”, explica a responsável pelo Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa no Espírito Santo, Telma Regina de Oliveira e Paula.

As áreas consideradas de risco para febre aftosa no estado incluem os municípios onde ocorre uma maior movimentação de animais, com intensa comercialização, aglomerações e assentamentos. Telma de Oliveira destaca que as ações de maior rigor na fiscalização são direcionadas para essas regiões, com campanhas educativas e agendamento de vacinações assistidas e fiscalizadas.


“Nas vacinações assistidas, o produtor vacina todo o rebanho sob acompanhamento do Médico Veterinário do serviço oficial estadual, ocasião em que recebe orientações e são corrigidas falhas”, conclui. O trabalho de vacinação assistida inclui a fiscalização das revendedoras de vacinas contra a febre aftosa, quando se verifica principalmente a qualidade da vacina, o modo de conservação e registros de temperatura.

Estão previstas ações educativas com os produtores rurais, principalmente reuniões e a comunicação da campanha por meio de rádios locais e TVs regionais. A declaração da vacinação deverá ser entregue pelos produtores, no prazo máximo de uma semana após a vacinação. O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (IDAF-ES) dispõe de 29 Escritórios Veterinários Locais (UVLs) e 49 Escritórios de Atendimento à Comunidade (EACs).


No Espírito Santo, a última notificação de foco de febre aftosa ocorreu em abril de 1996 e o estado é zona livre de aftosa com vacinação desde o ano 2000.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink