Começa em cinco Estados o vazio sanitário da soja

Agronegócio

Começa em cinco Estados o vazio sanitário da soja

Em Mato Grosso do Sul, os produtores estão atentos ao controle da doença. A meta é verificar pelo menos 1,3 milhão de hectares
Por:
547 acessos

Começa nesta quarta-feira, em cinco Estados brasileiros, o vazio sanitário da soja, período em que fica proibido o plantio do grão para evitar a proliferação do fungo da ferrugem asiática. Em Mato Grosso do Sul, os produtores estão atentos ao controle da doença.

O vazio sanitário começa hoje em Mato Grosso do Sul. No período de entressafra a plantação de soja é proibida porque a oleaginosa é o principal hospedeiro do fungo da ferrugem asiática, doença capaz de reduzir drasticamente a produtividade.

A meta em Mato Grosso do Sul é verificar pelo menos 1,3 milhão de hectares. No município de São Gabriel do Oeste no ano passado foi registrado o maior número de autuações em todo o Estado. De cada três propriedades rurais uma foi autuada.

“É fundamental a erradicação de todas as plantas voluntárias de soja para que essas plantas não multipliquem a ferrugem para a próxima safra. Nós tivemos problemas sérios de ferrugem há dois anos. Tivemos perdas superiores a 40% na média de São Gabriel do Oeste e nós sentimos o problema na pele”, disse Sebastião Cruciol Filho, diretor do Sindicato Rural de São Gabriel do Oeste.

Na lavoura os olhos estão atentos para que não haja nenhuma soja tiguera, que brota voluntariamente depois da última safra. Mas ao lado da plantação, na beira da estrada, pequenos pés representam perigo.

No ano passado, em Mato Grosso do Sul, foram aplicadas 380 multas em 58 municípios por causa do descumprimento do vazio sanitário da soja. O valor pago por cada infração chega a R$ 2,8 mil.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink