Agronegócio

Comercialização da safra nova de soja chega a 40%

O estado que mais negociou foi o MT, cuja venda chega a 61% da produção
Por: -Redação
1 acessos

O levantamento mensal de comercialização finalizado nessa segunda-feira (11-12) pela Agência Rural mostra que 40% da safra brasileira 2006/07 de soja, cujo plantio ainda nem terminou em alguns estados produtores, já está vendida. O índice representa um avanço de sete pontos percentuais em relação aos 33% apurados em novembro e está 30 pontos à frente dos 10% comercializados há um ano, quando o mau momento vivido pelo mercado do grão não estimulava os negócios antecipados da safra 2005/06.

O avanço de sete pontos ocorrido de novembro para dezembro, contudo, é menor que o registrado entre outubro e novembro, quando a comercialização da nova safra brasileira saltou 14 pontos, de 19% para 33%. O ritmo dos negócios foi mais lento no último mês justamente porque os produtores já estavam bem vendidos após o grande volume de negócios fechado em outubro, quando teve início a disparada das cotações na Bolsa de Chicago e, conseqüentemente, nas indicações de preço no Brasil.

O estado que mais negociou a safra 2006/07 até agora foi o Mato Grosso, cuja produção já está 61% comercializada, contra apenas 19% há um ano. Em seguida aparecem Tocantins, com 55%, Maranhão, com 53%, e Goiás e Piauí, com 51% cada.

Um dos destaques da comercialização desta safra, aliás, vem sendo o ritmo acelerado dos negócios no Norte e no Nordeste, que já estão com 48% da safra vendida, contra apenas 4% há um ano, e bastante próximos do atual índice do Centro-Oeste, que é de 56%. A chegada de novas tradings aos estados dessas regiões e a postura agressiva das empresas na hora de comprar explicam o avanço.

O levantamento realizado pela Agência Rural também aponta o encerramento da comercialização da safra velha, a 2005/06. Os negócios foram estimulados pelos leilões do governo para apoio à comercialização e, mais recentemente, pela alta dos preços. Há um ano, a comercialização da safra velha da época, a 2004/05, estava em 92%. As informações são da AgRural.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink