Comercialização de arroz em Mato Grosso continua em ritmo lento

Agronegócio

Comercialização de arroz em Mato Grosso continua em ritmo lento

Por:
2 acessos

A comercialização de arroz em casca, safra nova, no Mato Grosso continua em ritmo lento, ainda há maior procura pelo arroz manchado (Primavera) de inteiros acima de 50%. Também está entrando uma quantidade expressiva de Cirad safra passada, de inteiros acima de 53% à preços altamente atrativos. No caso do Primavera Novo os melhores preços estão sendo pagos por cerealistas de São Paulo, R$ 22,00 base Sinop.

Em Cuiabá os cerealistas pagam R$ 22,00 a R$ 22,50 para Primavera acima de 55% de inteiros, posto Cuiabá. O frete começa a prejudiar ainda mais os preços pela falta de caminhão em decorrência da colheita do soja. O frete de Sorrsiso para Cuiabá pulou de R$ 33,00 a tonelada para até R$ 37,00 a tonelada. Em Sinop, passou a custar R$ 45,00 a tonelada, o que esta forçando a baixa ainda mais na ponta vendedora.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink