Comércio internacional de carne ovina

Agronegócio

Comércio internacional de carne ovina

Brasil importa do Uruguai cerca de 8% de seu consumo anual de carne ovina, ao mesmo tempo que exporta animais
Por: -Vera Halfen
229 acessos

"O Brasil importa do Uruguai cerca de 8% de seu consumo anual de carne ovina. Ao mesmo tempo, exporta animais de genética superior, principalmente para Angola, Paraguai, Bolívia e Venezuela" explicou Andre Sorio, engenheiro-agrônomo e consultor em ovinocultura, que reside em Mato Grosso do Sul e coordenou as pesquisas para elaboração do livro "Carne ovina: Sistema internacional de comercialização" lançado em outubro em Uberaba (MG).

O tema abordado foi dividido por países e continentes, para facilitar a leitura e o entendimento. Uma profusão de informações, devidamente comentadas, são apresentadas ao leitor, para uma melhor compreensão dos cortes adotados, dos volumes comercializados e dos valores praticados, tanto nos países exportadores quanto nos importadores. Ao mesmo tempo, são demonstradas as alíquotas de importação para cada corte de carne ovina em cada um dos países e as exigências específicas de cada mercado.

Autores

André Sorio, engenheiro-agrônomo e consultor em sistema agroindustrial da carne ovina; Jean-Yves Carfantan, economista e consultor em mercado internacional de carnes, e Wilfrido Augusto Marques, advogado e consultor em direito tributário internacional.

Serviço

A obra está disponível para download gratuito em www.sistemavoisin.com.brwww.agrobrasconsult.com.br e www.wilfrido.com.br

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink