Agronegócio

Comissão Brasileira de Agricultura de Precisão se reúne nesta terça (28) no ministério

Um dos assuntos a serem tratado é o congresso nacional do setor, em outubro, em Goiânia
Por:
1356 acessos

A Comissão Brasileira de Agricultura de Precisão (CBAP) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) se reúne nesta terça-feira (28), a partir das 10h30, em Brasília. Entre os assuntos que serão tratados, estão o Congresso Brasileiro de Agricultura de Precisão (ConBAP), que será realizado de 4 a 6 de outubro deste ano no Centro de Eventos da Universidade Federal de Goiás, em Goiânia, e a recém-criada Associação Brasileira de Agricultura de Precisão.

Durante a reunião, que ocorrerá na sala de reuniões do andar térreo do Mapa, também será divulgado a posição do grupo de trabalho da CBAP sobre a confiabilidade de dados da agricultura de precisão e debatida a agenda estratégica do setor. Além disso, serão apresentadas a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e Associação Brasileira de Internet das Coisas.

Presidida pelo professor José Paulo Molim, da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (Esalq) da Universidade de São Paulo (USP), a comissão foi criada em 2012, com apoio do Mapa. Órgão consultivo e propositivo, a CBAP tem o objetivo de fortalecer ações entre os ramos de pesquisa, ensino e desenvolvimento de tecnologias voltadas ao setor da agricultura de precisão.

Para promover o desenvolvimento sustentável e social e a competitividade do agronegócio brasileira, a CBAP atua na difusão e no incentivo das ferramentas e tecnologias da agricultura de precisão. “Ela também contribui com programas de treinamento de mão-de-obra, levanta demandas do setor e gera e adapta conhecimentos e tecnologias com custos e benefícios equilibrados”, diz o secretário da comissão, Fabrício Juntolli, da Secretaria de Mobilidade Social, do Produtor Rural e do Cooperativismo do Mapa.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink