Comissão de Agricultura do RS inicia debate sobre rumos do agronegócio

Agronegócio

Comissão de Agricultura do RS inicia debate sobre rumos do agronegócio

Por: -Admin
1 acessos

A Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo do Rio Grande do Sul começa a debater os rumos do agronegócio nesta quinta-feira (02-11), a partir das 9h, em Cachoeira do Sul, durante reunião de interiorização dos trabalhos da Assembléia Legislativa. A crise no setor primário estará no centro dos debates, com ênfase para o endividamento dos agricultores, os elevados custos de produção, queda no preço dos produtos agrícolas e a concorrência com os países do Mercosul.

De com o presidente do órgão técnico legislativo, deputado Jerônimo Goergen (PP), o formato original do debate sofreu pequenas alterações. O parlamentar explica que inicialmente estava previsto um único fórum, organizado em conjunto com a Comissão do Mercosul e a Comissão de Agricultura da Câmara Federal. Após deliberar com os co-organizadores do evento, Jerônimo decidiu desdobrar a discussão em dois momentos. O segundo ato está marcado para o dia 06 de dezembro, a partir das 18h, na Assembléia Legislativa, com a presença de produtores rurais da Metade Sul do Estado.

Goergen esclarece que a reengenharia se deve à grande mobilização dos fumicultores em Santa Cruz do Sul, previsto para acontecer no mesmo dia 06. "Esta era a nossa data ideal. No entanto, a urgência e a importância da discussão sobre a Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco obriga a Comissão de Agricultura a também se fazer presente neste momento, uma vez que se trata do futuro de milhares de famílias que dependem da lavoura de fumo para sobreviver. Além disso, é importante frisar que os senadores membros da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) estarão em Santa Cruz", justifica.

De outro lado, Goergen destaca que o debate sobre os rumos do agronegócio não sofrerá nenhum prejuízo, pois as reivindicações dos setores produtivos serão compiladas num documento e remetidas às esferas competentes para a devida análise.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink