Agronegócio

Comissão do Fumo da Fetag quer audiência com ministros

O dirigente destaca que a nota se justifica por que a Fetag e a Afubra fizeram pedido, através de documento entregue ao ministro Pepe Vargas, e a resposta foi negativa
Por:
695 acessos
A Comissão Estadual do Fumo da Fetag esteve reunida na terça-feira (8) no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santa Cruz do Sul. Ela decidiu solicitar audiência com os ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade, e do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, para discutir qual a posição do governo perante à 6ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (CQCT). O vice-presidente da Fetag, Carlos Joel da Silva, disse que a Federação vai emitir uma Nota de Repúdio à comissão brasileira, que compõe o Grupo de Trabalho da COP6 que, claramente, é contrária à produção de fumo, a qual esteve reunida semana passada na Embrapa em Pelotas.


O dirigente destaca que a nota se justifica por que a Fetag e a Afubra fizeram pedido, através de documento entregue ao ministro Pepe Vargas, e a resposta foi negativa. “Não deixaram nem os nossos técnicos participarem como ouvintes. Convém lembrar que o técnico da Afubra foi lá e conseguiu entrar na reunião, mas teve que se retirar a pedido do representante francês, fato que traz indignação por ser um estrangeiro decidir quem permanece e ainda pior com a concordância da equipe brasileira”, destacou Carlos Joel.


A Comissão do Fumo decidiu realizar um debate na Fetag sobre a questão da contratação de mão de obra e do trabalho de diarista com as Comissões da Política Agrícola e de Assalariados Rurais da Federação para encaminhar uma proposta para apresentar ao Ministério do Trabalho e Emprego para que cesse as autuações dos produtores, como ocorreu em Venâncio Aires.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink