Comissão Européia deve aprovar colza transgênica

Agronegócio

Comissão Européia deve aprovar colza transgênica

Por:
1 acessos

A Comissão Européia (CE) deverá permitir a importação de sementes de colza geneticamente modificada, fabricada pela americana Monsanto. A medida tem como objetivo expandir o mercado de produtos transgênicos, depois de impor aos países-membros uma moratória de seis anos.

O braço executivo da União Européia (UE) recebeu a autoridade para permitir a importação de sementes de colza geneticamente modificadas dos 25 ministros nacionais do Meio Ambiente, pertencentes ao bloco. Os representantes dividiram-se ontem, em reunião em Bruxelas, que discutiu sobre a permissão ou não sobre a aplicação da semente de colza seja empregada em rações animais. Conhecido como GT73, o produto é resistente a um herbicida fabricado pela própria Monsanto.

Aprovação em janeiro

"A comissão aprovará a importação de colza transgênica, muito provavelmente em janeiro", disse aos jornalistas, Barbara Helfferich, porta-voz do Meio Ambiente da comissão, em Bruxelas.

A CE permitiu em julho importações de uma variedade de milho da Monsanto para ração animal, e para alimentos, em outubro. Além das variedades da Monsanto, a Comissão também aprovou um tipo de milho para alimentos, fabricado pela Syngenta, em maio.

Demora na aprovação

Essas foram as únicas aprovações da UE desde 1998. Os três amplos endossos do bloco se seguiram às divisões entre os países europeus, alguns dos quais ainda se opõem aos alimentos transgênicos, e desejam a reintrodução da moratória, devido às preocupações com saúde e meio ambiente.

A CE quer agilizar as aprovações para cerca de 30 pedidos de produtos geneticamente modificados da UE, incluindo vários da Monsanto, maior produtora mundial de sementes transgênicas, com vendas de US$ 4,75 bilhões no ano passado. A Monsanto pediu aprovação da UE para o GT73 em 1998.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink