Comitê de gestão de atuns e afins debate ordenamento da pesca

Agronegócio

Comitê de gestão de atuns e afins debate ordenamento da pesca

Reunião será realizada quarta (7) e quinta-feira (8) no Ministério da Agricultura
Por:
389 acessos

As medidas de ordenamento para a atividade de pesca serão discutidas, nesta quarta (7) e quinta-feira (8), durante a 8ª Sessão Ordinária do Comitê Permanente de Gestão de Atuns e Afins, em Brasília. O encontro servirá para que o Brasil se adeque às decisões tomadas pelos participantes da 20ª Reunião Ordinária da Comissão Internacional para a Conservação do Atum Atlântico (ICCAT), ocorrida entre 14 e 21 de novembro, em Portugal.

“Vamos discutir o que foi acordado internacionalmente e como fazer para cumprir esses compromissos no Brasil”, diz a coordenadora do Departamento de Planejamento e de Ordenamento da Pesca, Elielma Borcem. Entre os temas que serão tratados estão a recomendação da ICCAT sobre proibição de retenção a bordo de tubarões-martelo, a atualização de políticas de arrendamento de embarcações estrangeiras e a opção para a nacionalizar embarcações.

O Comitê Permanente de Gestão de Atuns e Afins é composto por 12 representantes de governo e 12 do setor produtivo. A reunião começará às 9h, nos auditórios da sobreloja do Mapa.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink