Comitiva do Paraná aumenta comércio na Polônia e Ucrânia
CI
Agronegócio

Comitiva do Paraná aumenta comércio na Polônia e Ucrânia

Entre os assuntos de maior expectativa está a ampliação da comercialização de alimentos produzidos no Paraná - como carnes, soja, açúcar - e biocombustíveis como etanol e exportação de fertilizantes por parte daqueles países do leste europeu
Por:

A ampliação das relações comerciais foi o tema principal do encontro realizado entre uma comitiva do Paraná, liderada pela primeira dama Regina Pessuti, e os governos da Polônia e Ucrânia. A comitiva viajou sábado (10-10) e encerra a visita na sexta-feira (15-10).

Entre os assuntos de maior expectativa está a ampliação da comercialização de alimentos produzidos no Paraná - como carnes, soja, açúcar - e biocombustíveis como etanol e exportação de fertilizantes por parte daqueles países do leste europeu.

Participam da comitiva paranaense o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Erikson Camargo Chandoha, o diretor do Departamento de Economia Rural (Deral) da Seab, Francisco Carlos Simioni; o presidente do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), José Augusto Teixeira de Freitas Picheth, o major Mauro Celso Monteiro, da Casa Militar, e Luiz Fernando de Oliveira Ribas, presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar).

Na Polônia, a comitiva paranaense foi recebida pelo embaixador do Brasil, Carlos Alberto Simas Magalhães. Em seguida, foi recepcionada pelo governador de Wielkopolska, Marek Wozniak. Entre os assuntos tratados, estavam temas como a ampliação do comércio de grãos, carnes, açúcar e etanol do Paraná em troca de fertilizantes e, em especial, nitrogenados.

Segundo o secretário da Agricultura, Erickson Chandoha, houve um bom entendimento com empresários e são grandes as possibilidades de parcerias e intercâmbios técnico-cientificos entre o Iapar e a Polônia.

Nesta quarta-feira, a comitiva paranaense visitou à Ucrânia, onde foi recebida pelos ministros da Agricultura, Nicolay Prysiaghniuk; da Política Industrial, Dmytro Kolyesnikov; e da Energia, Yurii Boiko.

Incorporou-se à comitiva, o presidente da Representação Central Ucraniano-Brasileira, Vitório Sorotiuk, o embaixador do Brasil na Ucrânia, Antonio Fernando Cruz de Mello e o empresário Daniel Fontes Dias, diretor executivo da Cooperativa Nacional Agroindústrial – Conagro.

Na Ucrânia, a comitiva paranaense esteve em contato com os ministros da Agricultura, Nicolay Prysiaghniuk; da Política Industrial, Dmytro Kolyesnikov e da Energia, Yurii Boiko.

No Ministério da Agricultura, o tema tratado foi a possibilidade de ampliação do comércio bilateral de produtos agroindustriais e agrícolas como soja, café, açúcar, fumo e carnes (gado e aves). No Ministério da Politica Industrial, foram tratadas questões como a importação de uréia e outros insumos da Ucrânia, tendo como contrapartida a ampliação das exportações paranaenses para os poloneses.

No Ministério da Energia, foi discutido o estabelecimento de possível cooperação nos setores de energia, mineração e biocombustíveis.

Nesta quinta-feira (14-10), a comitiva paranaense visita a Universidade de L'viv, na Ucrânia, local onde são ministrados os cursos de Agronomia, Medicina Veterinária, Zootecnia e Engenharia Florestal.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink