Como fica o tempo na quarta-feira?

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia nossos Termos de Uso e Termos de Privacidade. Ao clicar em Aceitar & Fechar, você consente com a utilização de cookies.


CI
Imagem: Marcel Oliveira
AGROTEMPO

Como fica o tempo na quarta-feira?

Veja a previsão para a sua regiao
Por: -Aline Merladete

Nesta quarta-feira (28.04) a massa de ar frio se estabelece na região Centro-Sul do Brasil.

Esta massa de  ar polar está associada a uma região de alta pressão que também mantém o tempo firme em uma extensa área do Brasil. 

 

Ainda há a influência da frente fria mantendo o corredor de instabilidades ao Norte do Sudeste e Norte do Centro-Oeste, mas com volumes de chuvas menores do que no dia anterior. No entanto, na região norte do país, os temporais continuam com distribuição irregular, mas que podem ser localmente fortes. Já no Nordeste do país, há condições para pancadas de chuvas isoladas em alguns pontos.

Saiba como fica o tempo para cada região: 

Região Norte

As instabilidades estarão presentes em praticamente todos os estados da região, com exceção apenas de Rondônia e Acre. Nesses dois estados, há uma maior influência da massa de ar fria e seca, levada para a região com o avanço da frente fria nos últimos dias. Mas nas demais áreas há condições para chuvas fortes e com potencial para ocorrer em um curto período de tempo. No entanto, essas instabilidades serão irregulares e mais concentradas na faixa central do Amazonas, Roraima, sul do Pará e norte do Tocantins, onde os acumulados podem se aproximar dos 40 mm pontualmente no decorrer do dia.

Região Nordeste

A presença das instabilidades será maior na faixa leste do nordeste, entre o Sergipe e o Ceará. Contudo, essas instabilidades poderão ser fortes entre Sergipe e Alagoas, mas nas demais regiões as chuvas formadas por essas instabilidades serão irregulares. Também são esperadas pancadas de chuvas isoladas no estado do Maranhão, porém sem previsão para acumulados expressivos. Há condições para chuvas no extremo oeste do estado baiano, devido à atuação da frente fria que ajuda a organizar um corredor de umidade sobre a região. Todavia, nas áreas mais centrais da região nordeste o tempo será mais seco, sem condições para formação de nuvens carregadas.

Região Centro-Oeste

A massa de ar seco e frio, predomina o tempo em grande parte da região impedindo a formação de nuvens carregadas desde a metade sul do estado do Mato Grosso, centro-sul de Goiás e em todo o estado do Mato Grosso do Sul. Vale destacar também as temperaturas no amanhecer do dia ao sul do Mato Grosso do Sul que poderão ser inferiores aos 10°C nesta quarta-feira. Em relação às chuvas, elas ficarão restritas ao nordeste do estado do Mato Grosso e extremo norte do estado do Goiás, sem provocar acumulados expressivos.

Região Sudeste

A atuação da frente fria mantém o corredor de instabilidades sobre a parte norte do estado de Minas Gerais e entre o Espírito Santo e Rio de Janeiro, mas não são esperadas chuvas volumosas nessas áreas. Na faixa leste dos estados, especialmente de São Paulo, o dia poderá ter uma maior variação de nebulosidade e eventualmente a presença de garoa, devido à influência da umidade do mar. Entretanto, na metade oeste do estado de São Paulo, Triângulo e Norte mineiro o tempo será firme com a presença de poucas nuvens no céu. Em relação às temperaturas, o dia amanhece ameno, com temperaturas próximas aos 12°C ao sudoeste de São Paulo, na grande região de Presidente Prudente, e temperaturas abaixo dos 10°C nas áreas de serra entre São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Região Sul

Em nenhuma área da região sul há previsão para chuvas, apesar de que na faixa litorânea do estado do Paraná haverá uma maior influência da umidade marítima, que será refletida apenas em uma maior variação de nebulosidade. Nas demais regiões, sobretudo na metade oeste da região, o tempo será ensolarado. No entanto, a massa de ar polar ganha força na manhã desta quarta, e com uma madrugada de céu limpo favorece a formação de geadas. Essa condição favorável para a formação de geada será maior entre Vacaria ao norte do RS, região serrana e  meio oeste de Santa Catarina. Porém em alguns pontos do extremo oeste de Santa Catarina, grande região de Soledade no Rio Grande do Sul; Palmas e União da Vitória ao sul do PR podem presenciar a formação de geada em pontos isolados especialmente em regiões de baixada. As temperaturas nos pontos mais altos poderão ficar abaixo dos -2°C.

Veja os mapas de como ficam as temperaturas e as chuvas:

Chuva:

Temperatura Máxima:

Condições Para formação de Geada:

 


 


 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink