Gigante agrícola

Como gigante petroleiro começa a dominar mercado agrícola

A Rússia deixou para trás os maiores fornecedores de trigo ao mercado global, tais como os EUA.
Por:
390 acessos

Desde a época da União Soviética que os principais produtos de exportação do país têm sido os combustíveis. Entretanto, segundo os últimos dados, graças à produção de trigo, a Rússia pode converter-se em um gigante agrícola no mercado mundial.

De acordo com as previsões para um futuro próximo, a Rússia pode encabeçar a lista dos maiores exportadores de trigo. A cota do país no mercado mundial de grãos aumentou enormemente, de menos de 1% em 2000 para 18 % no ano corrente, informou a agência Bloomberg.

Os preços baixos do petróleo afetaram consideravelmente a moeda russa, mas, ao mesmo tempo, a produção de cereais está se tornando cada vez mais atrativa para os clientes estrangeiros. A Rússia deixou para trás os maiores fornecedores de trigo ao mercado global, tais como os EUA.

A cota das exportações russas começou a crescer do início deste século quando as empresas coletivas soviéticas deram lugar aos proprietários privados. O crescimento no setor agrícola permitiu a compra de sementes de boa qualidade e de tecnologias mais avançadas.

Além disso, graças ao apoio governamental, os custos de produção dos agricultores russos são duas vezes menores que os dos seus principais concorrentes. Por isso, os agricultores russos podem continuar a produção de trigo até na época de preços baixos. 

Quase metade do mundo importa grãos russos. Os principais compradores são os países do Oriente Médio e África do Norte. A demanda por trigo russo está crescendo em tais regiões como o México e a Indonésia. A má colheita nos campos norte-americanos e australianos também contribuiu para a expansão russa no mercado mundial de trigo. 

Há pouco, o The Wall Street Journal revelou que Washington se vê obrigado a fechar o escritório comercial da Associação de Trigo dos EUA no Egito devido à queda dos preços desse cereal no país, provocada pela recente colheita recorde de grãos na Rússia.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink