Como se comportaram os defensivos em 2021?
CI
Imagem: Marcel Oliveira
MERCADO

Como se comportaram os defensivos em 2021?

Covid teve um impacto ainda muito grande
Por: -Leonardo Gottems

Dados divulgados pela Global Crop Protection indicam que o ano de 2021 foi marcado por muitas variações no mercado de commodities a nível mundial. Isso porque as medidas de restrição logística e isolamento, resultado da pandemia da COVID-19, refletiram no faturamento de muitas empresas.  

“Apesar disso, neste período a demanda por defensivos se manteve em alta, uma vez que o maior preço das commodities agrícolas elevou a capitalização dos produtores que investiram no campo e anteciparam as compras de defensivos. Em retrospectiva, o mercado de defensivos no primeiro trimestre de 2021, iniciou-se com a preocupação na produção da China e Índia. Os dois principais fatores foram: Crises logísticas, que começaram a se complicar com a retomada da demanda mundial, gerando baixa disponibilidade de contêineres e atrasos nas entregas. Também, houve um aumento do custo das matérias-primas para produção dos produtos técnicos e embalagens, contribuindo para o maior preço dos defensivos e menor disponibilidade”, comenta. 

Em relação ao segundo trimestre, a China colocou em prática o 14º plano quinzenal e, um dos grandes desafios se tornou o equilíbrio entre a produção de baixo custo, qualidade dos produtos, e as adequações dos fabricantes às regulamentações ambientais. “O reflexo dessa mudança foi um maior custo de produção e o fechamento de diversas fábricas pelas inspeções ambientais. Como resultado, ocorreu menor oferta de ativos ao mercado internacional e impactou diretamente na disponibilidade de defensivos”, completa. 

“No terceiro trimestre o acúmulo de contêineres nos portos americanos e chineses se agravou. Os navios não foram suficientes para garantir o escoamento – que quase dobrou em um ano – o que encareceu o custo do frete marítimo. Além do maior preço do frete, as filas nos portos geraram atrasos nas entregas dos produtos, aumentando o custo com as operações de carregamento e descarregamento”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.