Compra de trigo americano e canadense não é boa opção

Agronegócio

Compra de trigo americano e canadense não é boa opção

O problema com o fornecimento do produto começou em março
Por:
64 acessos

A compra do trigo americano e canadense não representa uma boa opção para a abastecer o mercado nacional - que é dependente, em especial, do grão produzido na Argentina - em função das taxas de importação, custos com frete e qualidade do produto. De acordo com o vice-presidente da Associação dos Triticultores de Minas Gerais (Atriemg), Eduardo Elias Abrahim, para os estados do Norte e Nordeste, em virtude da facilidade logística, já que os portos estão mais próximos, talvez possa ser uma alternativa.

O problema com o fornecimento do produto começou em março deste ano, quando a Argentina decidiu suspender as exportações do produto in natura, para aumentar a oferta interna e evitar a inflação dos produtos derivados do trigo. Dessa forma, os moinhos do Brasil tiveram que recorre a outros mercados.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink