Conab eleva previsão de safra de trigo do Brasil; vê importação menor

Agronegócio

Conab eleva previsão de safra de trigo do Brasil; vê importação menor

Em 2015, a produção havia sido de 5,5 milhões de toneladas no país
Por:
268 acessos

Em 2015, a produção havia sido de 5,5 milhões de toneladas no país

A safra brasileira de trigo de 2016, cuja colheita está praticamente finalizada, foi estimada em recorde de 6,7 milhões de toneladas, segundo relatório da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgado nesta quinta-feira, sobre previsão anterior de 6,3 milhões de toneladas.

"O principal motivo (para a safra maior) é a recuperação da produtividade, que deve ser significativamente superior à safra anterior, passando de 2.260 kg/hectare para 3.164 kg/hectare. No Paraná, o trigo já se encontra praticamente todo colhido, sendo que a cultura obteve uma excelente produtividade", destacou a estatal, em seu relatório.

No Rio Grande do Sul, outro grande Estado produtor de trigo, "a safra encaminha-se para o final com resultados surpreendentes, tanto em qualidade como em rendimento, apesar de adversidades climáticas ocorridas durante o ciclo."

Com consumo nacional estimado em 10,7 milhões de toneladas neste ano, a Conab projeta que o país terá que importar 5,1 milhões de toneladas do grão, menor volume de aquisições externas desde pelo menos 2010. Em novembro, a companhia havia estimado importações de 5,3 milhões de toneladas.

Com a maior oferta, também deverão crescer os estoques ao final desta temporada. O volume dos estoques de passagem é visto agora em 1,19 milhão de toneladas, o maior desde 2013, sobre previsão anterior de estoques de 993 mil toneladas e ante 809 mil toneladas ao fim de 2015.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink