Conab promove quatro leilões nesta semana
CI
Agronegócio

Conab promove quatro leilões nesta semana

Serão leilões públicos e privados de soja, arroz, feijão (preto e cores) e milho
Por:

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), empresa vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realiza nesta semana leilões públicos e privados de soja, arroz, feijão (preto e cores) e milho.

Arroz - Nesta terça-feira (27-03), serão ofertadas 100 mil toneladas de arroz do Rio Grande do Sul e Santa Catarina por meio de leilões de contrato de opção pública. Este ano, o governo já realizou leilões de 300 mil toneladas de arroz e negociou o volume total ofertado. “A nossa expectativa é de vender as 100 mil toneladas a serem leiloadas nesta terça-feira, conforme ocorreu nos leilões anteriores”, disse o coordenador-geral de Cereais da Secretaria de Política Agrícola, Sílvio Farnesi.

Soja - Na quarta-feira (28-03), a Conab promove leilão de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (PEPRO) de 1 milhão de toneladas de soja. No dia seguinte (29/03), serão ofertadas mais um milhão de toneladas do produto por meio de leilões de Contrato Privado de Opção de Venda (PROP). Os pregões ocorrerão nas praças do Distrito Federal, Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Piauí, Rondônia e Tocantins.

Feijão – Ainda na quarta-feira serão ofertadas 7 mil toneladas de feijão preto por meio de leilão de Prêmio de Escoamento de Produto (PEP) dos Estados de Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. No mesmo dia, outras 12 mil toneladas de feijão cores serão leiloadas também na modalidade de PEP no Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso e Paraná. O produto terá como destino qualquer Estado com problemas de oferta do produto.

Milho – A Conab também ofertará 60 mil toneladas de milho por meio de leilões de PEP, das quais 10 mil do Mato Grosso do Sul e 50 mil do Mato Grosso. Neste caso, o produto será destinado aos Estados do Nordeste. “O mercado está fraco naquela região”, apontou Sílvio Farnesi.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink