Condições climáticas ocorridas e tendências para os próximos meses

Agronegócio

Condições climáticas ocorridas e tendências para os próximos meses

Análise de Luiz Renato Lazinski, Meteorologista INMET/MAPA
Por:
2998 acessos
por Luiz Renato Lazinski, Meteorologista INMET/MAPA

O mês de março apresentou uma irregularidade muito grande, na distribuição das precipitações observadas, em todo o centro-sul do Brasil,  característica da estação do outono. No Paraná as precipitações variaram de 40 mm no nordeste, à 400 mm no sudoeste. A maior parte dos solos do centro-sul do Brasil, vem mantendo bons índices de umidade, favorecendo o bom desenvolvimento das lavouras. Na maior parte das Regiões Sudeste e Centro-oeste, as chuvas também ficaram entre a média e ligeiramente acima do normal para a época do ano. 

No final do mês, voltou a chover nas áreas produtivas de grãos da Região Nordeste, mas as chuvas ao longo do mês apresentaram volumes abaixo da média histórica. As temperaturas registraram valores abaixo da média em todo o centro-sul do Brasil, principalmente durante a segunda quinzena do mês, quando massas de ar de forte intensidade, atingiram o sul do Brasil. Nas demais regiões do Brasil, as temperaturas ficaram entre a média e ligeiramente acima.

Durante os últimos meses, não observamos nenhuma mudança significativa no padrão do comportamento das temperaturas das águas superficiais, no Oceano Pacífico Equatorial. Estas temperaturas das águas superficiais, vem se mantendo próximas à média, seguindo a tendência de neutralidade, ou seja, o mesmo padrão dos últimos meses. Estas condições, aliadas a outras variáveis climatológicas em escala global, continuam indicando uma situação de neutralidade climática (nem “El Nino” e nem “La Nina”). Conforme as últimas atualizações dos modelos climáticos em escalas globais, continuam com a tendência desta situação de “neutralidade” para os próximos meses.

Analisando os prognósticos em escala global, continua a tendência de precipitações com este padrão de distribuição muito irregular, intercalando períodos com chuva acima da média com períodos maiores com pouca ou nenhuma precipitação, para o centro-sul do Brasil, devido a continuidade desta situação de neutralidade climática. Para as regiões Centro-oeste e Sudeste, as chuvas diminuem gradativamente nos próximos meses, devendo ficar entre a média e ligeiramente abaixo. Para as áreas produtivas do Nordeste, as chuvas devem continuar com volumes abaixo da média no decorrer dos próximos meses.

Com relação às temperaturas, as massas de ar mais frias começam a chegar com maior intensidade ao Sul do Brasil, principalmente a partir da segunda quinzena do mês. Nas demais Regiões do Brasil, as temperaturas seguem com os valores dentro da média.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink