Agronegócio

Conferência debate futuro do rural brasileiro

Por:
775 acessos
Agroecologia, crédito e educação no campo estão entre os 27 temas que serão debatidos na 2ª Conferência Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (2ª CNDRSS), entre os dias 14 e 17 de outubro, em Brasília (DF). Durante todas as etapas da conferência – territoriais, intermunicipais, estaduais e setoriais – foram discutidas mais de 11 mil propostas que visam o desenvolvimento do Brasil rural. Dessas, 388 serão analisadas.


Segundo o secretário-executivo do Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável (Condraf), Roberto Nascimento, as propostas orientam à ampliação da participação da agricultura familiar na sociedade e na economia brasileira. “Algumas são questões mais práticas, como ajustes na Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) por parte de mulheres e jovens. Mas o que podemos destacar é a questão do desenvolvimento econômico e da inclusão produtiva que permeiam todas essas propostas, seja na área da agricultura familiar, seja na reforma agrária. Todas elas combinadas com os anseios para as mulheres, para os jovens e para os povos e comunidades tradicionais”, afirma.

Também se destacam temas sobre a preservação e recuperação ambiental, o desenvolvimento dos assentamentos e a formação de atores sociais e agentes de desenvolvimento. O objetivo desses debates é promover o futuro do camporural, como explica Roberto Nascimento. “A sociedade civil, em conjunto com o governo, é capaz de construir uma vida melhor para o campo. Nós temos 4,3 milhões de estabelecimentos da agricultura familiar. Somos a maioria das pessoas empregadas no rural, produzimos a maioria dos alimentos consumidos pela população brasileira, mas só isso não basta. Temos sempre que melhorar”, observa.


Debates
Durante três dias, os 1,2 mil delegados eleitos nas 27 Unidades da Federação serão divididos em 12 comissões temáticas que discutirão blocos de propostas. “Passam pela plenária final cerca de 100 propostas que serão, de fato, discutidas e aprovadas na conferência e que serão base para a construção do Plano Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário”, explica Nascimento.

A mesma representação da comissão organizadora nacional da conferência, composta por seis integrantes do governo e seis integrantes da sociedade civil, formará a comissão de redação do plano a partir das propostas aprovadas na 2ª CNDRSS. O documento será levado para aprovação na reunião do Condraf, em dezembro deste ano.


Serviço
2ª Conferência Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário
Data: 14 a 17 de outubro de 2013
Horário: 9h
Local: Centro de Convenções Brasil 21 – Setor Hoteleiro Sul, quadra 6 - Complexo Brasil 21
Site: www.desenvolvimentorural.gov.br
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink