Confirmação de Rossi no Mapa agrada ao RS

Agronegócio

Confirmação de Rossi no Mapa agrada ao RS

Wagner Rossi continuará no Ministério da Agricultura
Por:
869 acessos
A confirmação da presidente eleita Dilma Rousseff de que Wagner Rossi continuará no Ministério da Agricultura no seu governo agradou a lideranças no Rio Grande do Sul. O presidente da Farsul, Carlos Sperotto, disse que o setor recebe bem a notícia. "É um bom nome." Para os arrozeiros, isso pode significar a continuação do apoio recebido nos últimos dias. "Rossi conhece a conjuntura do arroz e é uma pessoa de muita capacidade", frisou o presidente da Federarroz, Renato Rocha.

O presidente da Fetag, Elton Weber, salientou que a medida já era esperada e dá continuidade ao trabalho que vem sendo feito no atual governo. Segundo ele, a expectativa é que o mesmo ocorra no Ministério do Desenvolvimento Agrário, com a recondução de Guilherme Cassel. Para a Fecoagro, a decisão era um fato consumado e contempla os anseios do setor. "Ele já conhece melhor as dificuldades e gargalos da produção agrícola e os recursos necessários para cada região", pontuou o presidente da Fecoagro, Rui Polidoro Pinto. A expectativa entre as lideranças do agronegócio gaúcho é que as equipes do ministério também sejam mantidas, o que Polidoro Pinto considera positivo devido ao conhecimento de seus integrantes. Rossi foi um dos últimos ministros a ingressar no governo Lula e, com a indicação, ocupa uma das vagas prometidas ao PMDB. Ex-presidente da Conab, assumiu a Pasta em março, quando Reinhold Stephanes licenciou-se para concorrer às eleições.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink