Confirmada liberação de R$ 1,5 bilhão para apoiar comercialização de milho e café

Agronegócio

Confirmada liberação de R$ 1,5 bilhão para apoiar comercialização de milho e café

O governo deve retirar do mercado até cinco milhões de sacas, ainda este ano
Por:
311 acessos
 O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, confirmou, nesta sexta-feira (21), que vai ser liberado R$ 1,5 bilhão para operações de comercialização da safrinha do milho e de outros produtos como algodão, trigo, arroz, feijão e café. Em relação ao milho, o governo federal pretende adquirir três milhões de toneladas e já iniciou os preparativos legais para a realização do leilão, por meio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Stephanes lembrou que a safrinha de milho surpreendeu os produtores, principalmente em Mato Grosso. “O excedente da produção está sendo armazenado a céu aberto”, explicou o ministro que conferiu a situação, há duas semanas, em visita a Lucas do Rio Verde/MT. Segundo ele, a intenção do governo é transferir o produto para as áreas consumidoras, após a aquisição.

No caso do trigo, o apoio à comercialização vai acompanhar a evolução dos preços. Stephanes informou que a safra de trigo no Paraná está com preços abaixo do mínimo, remunerando os produtores com valores inferiores aos gastos com o plantio. “Estamos analisando, ainda, a possibilidade de pagar os produtores pela estocagem”, adiantou.

Café - Dentre as medidas anunciadas, Stephanes lembrou que o café também está com excesso de produção e o governo deve retirar do mercado até cinco milhões de sacas, ainda este ano. Em 2010, a previsão é de serem adquiridas mais cinco milhões de sacas. O programa será feito com recursos adicionais do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé).
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink