Agronegócio

Confirmado primeiro caso de ferrugem da soja em MS

O primeiro foco da doença foi identificado em uma lavoura comercial de Laguna Caarapã
Por: -Humberto Marques
1 acessos

Técnicos do laboratório de Fitopatologia da Universidade Federal da Grande Dourados anunciaram ontem (20-11) que foi confirmado o primeiro foco de ferrugem asiática da safra 2006/07, identificado em uma lavoura comercial de Laguna Caarapã. Conforme informações no site da UFGD, a doença foi encontrada em amostras de folhas de soja coletadas no terço inferior de plantas em estágio reprodutivo – onde se identificaram estruturas do fungo Phakopsora pachyrhizi. A amostra foi coletada no dia 16 de novembro.

A ferrugem asiática causa a desfolha precoce das plantas, impedindo a completa formação dos grãos de soja – o que reduz a produtividade. Os níveis de dano causados às lavouras dependem do momento em que a doença se manifesta e das condições climáticas favoráveis à multiplicação (com abundância de chuvas).

O laboratório da UFGD, vinculado à Faculdade de Ciências Agrárias, receberá amostras de produtores e técnicos para identificação e confirmação da ocorrência da ferrugem e outras doenças da soja. O horário de funcionamento da instituição é das 7h30 às 11h e das 13h30 às 17h, de segunda-feira a sábado.

- Mais informações estão disponíveis pelo telefone (67) 3411-3816.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink