Conflito na Europa deve acelerar recuperação de preço da carne de frango exportada
CI
Imagem: Pixabay
CARNE DE FRANGO

Conflito na Europa deve acelerar recuperação de preço da carne de frango exportada

A carne de frango in natura exportada pelo Brasil se encontra com um dos melhores preços dos últimos sete ano
Por:

Embora ainda alcance (média das três primeiras semanas de março) valor inferior ligeiramente inferior aos registrados em agosto, outubro e novembro do ano passado, a carne de frango in natura exportada pelo Brasil se encontra, no momento, com um dos melhores preços dos últimos sete anos.

A recomposição não é um processo novo. Começou ainda em 2020 – ano em que o surgimento da pandemia afetou o comércio mundial, ocasionando o retrocesso dos preços a um dos menores níveis deste século – e se intensificou em 2021, exercício em que a evolução praticamente contínua dos preços propiciou a melhor evolução em 10 anos – incremento anual de quase 20% no preço médio.

Como vem observando a FAO há alguns meses, a tendência natural do mercado era de retomada contínua desses preços no decorrer de 2022. Mas agora, com as ações bélicas da Rússia contra a Ucrânia, o processo deve sofrer aceleração, nada impedindo que se chegue, rapidamente, aos US$2,000,00 por tonelada.

De toda forma, no momento os preços ainda permanecem distantes do pico histórico de abril de 2013 (nove anos atrás!), ocasião em que a carne de frango in natura do Brasil foi negociada por pouco mais de US$2.200,00 a tonelada.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.