Conjuntura econômica mundial e efeito sobre preços e câmbio são temas de palestra no Dia de Mercado de Grãos

Agronegócio

Conjuntura econômica mundial e efeito sobre preços e câmbio são temas de palestra no Dia de Mercado de Grãos

Tânia Moreira, vai ministrar palestra sobre a “Conjuntura econômica e o agronegócio”
Por:
911 acessos

Tânia Moreira, vai ministrar palestra sobre a “Conjuntura econômica e o agronegócio”

As mudanças climáticas e a volatilidade de preços das commodities agrícolas no mercado internacional e da taxa de câmbio no Brasil são fatores que mexem com os produtos agrícolas. Por isso, é muito importante que os produtores de grãos estejam sempre informados sobre a conjuntura no mercado mundial, um fator que afeta os preços no mercado interno. 

Como forma de atualizar os agricultores, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com a Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP) e o Sindicato Rural de Goioerê, realiza o Dia de Mercado de Grãos, no dia 29 de agosto, em Goioerê (PR). O objetivo é levar informações técnicas e gerenciais para que os produtores possam otimizar custos e investimentos.

Para debater o assunto, a economista do Departamento Técnico e Econômico (DTE) da FAEP na área de mercado de grãos, conjuntura econômica e política agrícola, Tânia Moreira, vai ministrar uma palestra sobre a “Conjuntura econômica e o agronegócio”. Em sua apresentação serão discutidos temas como o recente quadro econômico mundial e o efeito sobre preços e câmbio; além do quadro econômico brasileiro atual, destacando o desempenho do agronegócio. 

CNA: A conjuntura econômica de hoje prejudica o setor de grãos? Por quê?

Tânia Moreira: A conjuntura econômica mundial recente compõe um quadro de lenta retomada do crescimento mundial. A política monetária mais acomodatícia em países desenvolvidos alimenta o apetite por ativos mais arriscados, que paguem rendimentos maiores, e isso tem favorecido ativos como commodities, em países emergentes. Mas, tem reduzido o preço do dólar em relação a uma cesta de moedas. A recente melhora no quadro econômico nacional deve ser vista como positiva, a recuperação econômica é necessária. A melhora do ambiente interno tem contribuído para a valorização da nossa moeda, o que consequentemente tem reduzido a competividade na exportação em relação ao observado em 2015.

CNA: O que é preciso fazer para melhorar esse cenário e não deixar o dólar atrapalhar o mercado?

Tânia Moreira: As ações que nós produtores podemos tomar na formação do preço e câmbio são limitadas. É necessário investigar o quadro econômico para notar a chance de mudanças na economia brasileira e nos países desenvolvidos. A parte que permite ações é o planejamento financeiro, o controle de custos, a estratégia de venda e gestão. O Banco Central tem atuado no mercado de câmbio sinalizando o patamar de R$ 3,20, comprometido com o controle da inflação. Há uma preocupação com a queda do dólar. O cenário de formação do preço também vai depender do abastecimento mundial e nacional.

Dia de Mercado de Grãos 
Data: 29 de agosto de 2016
Local: Associação Comercial Industrial de Goioerê (ACIG) – Av Mauro Mori, 415, Jardim Lindóia, Goioerê (PR)
Horário: 19h 
Mais informações: http://www.cnabrasil.org.br/noticias/cna-realiza-dia-de-mercado-de-graos-em-goioere-no-parana

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink