Conseagri se reúne em João Pessoa com propostas para agropecuária

Agronegócio

Conseagri se reúne em João Pessoa com propostas para agropecuária

O encontro teve como principal objetivo discutir e propor medidas para diminuir a burocracia no setor agropecuário
1077 acessos

O encontro teve como principal objetivo discutir e propor medidas para diminuir a burocracia no setor agropecuário

Presidido pelo secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, João Cruz,  o Conselho Nacional de Secretários da Agricultura (Conseagri), com o apoio da  Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca da Paraíba (Sedap), realizou na sexta-feira (11), em João Pessoa, o 1º Fórum de Secretários de Estado da Agricultura do Nordeste.

O encontro teve como principal objetivo discutir e propor medidas para diminuir a burocracia no setor agropecuário. Foram debatidas e analisadas várias propostas, como: 1. Programa de Aquisição de Alimento (PAA) Leite: elevação do teto financeiro, atraso de pagamento pelo Governo Federal, metodologia de cálculo do preço e a inclusão de representante  do Conseagri no Comitê Gestor; 2. Fundo Nacional para o Nordeste  (FNE): aplicação dos recursos no Semiárido conforme a Constituição e maior ênfase na agropecuária.

De acordo com o secretário e presidente do Conselho, João Cruz, o encontro serviu para “alinhar as demandas comuns das Secretarias Estaduais de Agricultura, que representam os interesses dos produtores rurais do Semiárido, para encaminhar as reivindicações ao Governo Federal, em especial, ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e ao Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA).”                 

O secretário de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca da Paraíba, Rômulo Montenegro, evidenciou a relevância da realização do evento do Conseagri em seu Estado e destacou que  “Com a desburocratização, podemos dar condições ao agricultor de produzir mais e melhor. Por exemplo, hoje temos produtos que não entram no mercado aberto justamente por conta da burocracia. Por isso, vamos aderir ao Plano Agro+ para o produtor melhorar sua renda. Foi um evento muito produtivo para reivindicar ações concretas”.       

O secretário de Segurança Alimentar e Nutricional do MDSA, Caio Rocha, afirmou que os produtores terão apoio: “Vamos analisar as propostas apresentadas. Temos demandas reais e vamos fazer a nossa parte para que estas reivindicações se concretizem o mais próximo possível”.           

Estiveram presentes no evento as Secretarias de Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará  e Maranhão, representadas, respectivamente, pelos secretários Álvaro José Vasconcelos, Nilton da Mota Silveira, Guilherme Saldanha, Odilon Aguiar, e pelo subsecretário José Dejailson de Souza.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink