Consolidação da safrinha deixa o mercado de grãos lento
CI
Imagem: Divulgação
LENTIDÃO

Consolidação da safrinha deixa o mercado de grãos lento

Em Minas Gerais, mercado segue com poucas alterações à medida que a colheita de milho se aproxima
Por: -Aline Merladete

No estado do Mato Grosso, o mercado de milho segue com lentidão, sem negócios reportados, ou alteração nos preços, é o que aponta a analista Malu Fernandes, da Tarken, agritech brasileira que oferece um marketplace para trading de grãos. Em Sorriso, a saca de milho está cotada em R$71,57, enquanto em Tangará da Serra e Araputanga, os valores giram em torno dos R$73. Em Campo Verde e Campo Novo do Parecis, temos também valores na casa dos R$72.

“Esse momento, na maior parte do estado, é de consolidação da safrinha, e por isso, compradores e vendedores evitam firmar compromissos para o futuro”, avalia Malu.

Segundo a analista, o quadro climático das próximas semanas é muito importante para a produção da segunda safra. As previsões são favoráveis e indicam boas condições para o desenvolvimento da cultura.

Em Minas Gerais, mercado segue com poucas alterações à medida que a colheita de milho se aproxima

A semana no mercado de grãos em MG começa lenta novamente, com a expectativa por uma movimentação maior após o dia 15/04, data prevista para aumento intensivo da colheita de milho verão no estado, estendendo-se até meados de maio.

De acordo com o analista Bernardo Lopes, os compradores seguem apostando em uma redução ainda maior do valor da saca de milho após o início dessa colheita.

“Vale lembrar que o milho tem caído há algumas semanas, e os bids já chegam abaixo dos R$80 em algumas regiões de Minas. Os principais preços ficaram por conta do milho CIF a R$86 e R$87 em Pará de Minas, bem como a R$85 em Patos de Minas”, afirma.

O analista diz que o mercado segue sob muita especulação, com os produtores que têm maior fôlego no fluxo de caixa tendendo a armazenar os grãos colhidos para esperarem uma recuperação do mercado.

A análise é de Malu Fernandes, da Tarken*


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.