Consórcio aprova soja

Agronegócio

Consórcio aprova soja

Os resultados de ensaios com a soja Inox, indicaram que a cultivar permite manejo diferenciado, mas não dispensa o uso de fungicidas, mesmo que com aplicações reduzidas
Por:
991 acessos

Os resultados de ensaios com a soja Inox, resistente à ferrugem asiática, indicaram que a cultivar permite manejo diferenciado, mas não dispensa o uso de fungicidas, mesmo que com aplicações reduzidas. O resultado do estudo foi apresentado pela Fundação MT, durante encontro dos integrantes do Consórcio Antiferrugem, encerrado ontem, em Londrina. De acordo com o professor da Ufrgs Emerson Del Ponte, o benefício do uso da cultivar é que, com o menor número de aplicações, a doença evolui mais lentamente e provoca menos perdas.

Também foram apresentados 40 ensaios para avaliação da ação de fungicidas, que indicaram que o uso de produtos que contêm tiazol e estrobilurina são mais eficazes no combate à ferrugem. "Eles possuem tanto efeito no controle da doença quanto de aumento da produtividade. Por ter dois princípios ativos, a ação é maior."


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink