Consultor defende terceirização da comercialização em Rio Verde
CI
Agronegócio

Consultor defende terceirização da comercialização em Rio Verde

“O produtor produz bem, mas isso não significa que vá comercializar bem sua produção. Ele precisa pedir ajuda e auxílio nesta parte"
Por:
Um público formado por mais de 150 produtores rurais, empresários e dirigentes sindicais participaram na noite dessa terça-feira (24) da terceira edição do Seminário Regional de Comercialização e Mercado Agrícola 2012, realizado pelo Sistema Faeg/Senar e o Sindicato Rural de Rio Verde no salão verde do Sindicato, no Parque de Exposições do Município.

Terceirizar a comercialização da produção. Esse foi um dos temas abordados pelo palestrante da noite, o consultor internacional de mercado e presidente da PHDerivativos, Pedro Dejneka com a palestra Perspectivas da Comercialização Agrícola para Safra 2011/2012. “O produtor produz bem, mas isso não significa que vá comercializar bem sua produção. Ele precisa pedir ajuda e auxílio nesta parte. E terceirizar é um investimento no seu negocio”, explica o consultor.

A afirmação deve-se ao fato de a área da comercialização demandar muita dedicação do produtor rural já muito ocupado no acompanhamento da sua cultura. Para o consultor, a globalização dos mercados não garante mais o isolamento de nenhum País contra a crise financeira e sócio-política vivida pela Europa. “O Brasil não está isolado da crise porque mesmo com a demanda interna de consumo crescendo, não conseguirá suprir toda a demanda da produção que hoje é destinada a exportação”, completa.

Preços estáveis

Dejneka disse ainda aos produtores que os preços nos próximos seis meses terão o suporte dentro da expectativa na relação estoque consumo. Segundo ele, a pressão macroeconômica, principalmente vinda da crise européia; a quebra da safra na América do Sul e as exportações para a China estão entre os fatores que podem alterar esses preços agrícolas. Outro ponto discutido por ele é a necessária mudança de cultura no uso do crédito por parte dos brasileiros, importante para que haja crescimento de um país.

O presidente do Sistema Faeg/Senar, José Mário Schreiner, participou da abertura oficial do seminário pedindo cautela aos produtores neste ano que se inicia. Elevado custo de produção e clima adverso na produção dos grãos no Estado são algumas das perspectivas da Faeg para 2012.

Ele agradeceu a participação dos sindicatos, cooperativas e produtores rurais de Rio Verde nas muitas mobilizações realizadas pelo Sistema para sensibilizar a sociedade e os deputados da importância de aprovação do Código Florestal brasileiro. “O texto do Código aprovado pela Câmara dos Deputados e modificado pelo Senado Federal está contemplando os anseios do setor rural em 85% de seu conteúdo, mas a discussão não está terminada. O texto voltará à Câmara para ser apreciado novamente e continuaremos acompanhando de perto sua discussão”, ressaltou o dirigente da Faeg.

José Mário criticou a atual política agrícola brasileira baseada somente no crédito rural. “Está capenga e demonstra sua deficiência em atender os produtores”, disse. Para ele, a política precisa estar mais focada na renda do produtor rural garantindo preços mínimos de comercialização e um seguro rural mais eficiente.

O presidente anunciou a realização do projeto político “O que esperamos do próximo prefeito” em conjunto com os Sindicatos Rurais e disse que esse ano o setor rural discutirá a NR 31 e seus não ‘exeqüíveis pontos de aplicação à realidade rural’.

Mercado Futuro

José Mário divulgou aos presentes o programa oferecido pelo Sistema Faeg/Senar e os Sindicatos Rurais que ajuda na comercialização da safra. O Mercado Futuro possui 48 horas e auxilia os produtores rurais sobre mecanismos de comercialização em bolsa, administração de riscos, como realizar estimativas de longo prazo e garantir lucro antecipado.

O presidente do Sindicato Rural de Rio Verde, Walter Baylão Júnior, elogiou a presenças dos produtores presentes. Ele comentou a importância de um seminário que traz informações atualizadas de mercado de um consultor internacional de Chicago.

Rio Verde foi o terceiro município a receber a rodada 2012 do Seminário Regional de Comercialização e Mercado Agrícola 2012. Produtores rurais de Mineiros e Jataí já participaram do evento. Na próxima quinta-feira (26) a sede do Sindicato Rural de Goiatuba receberá o quarto seminário da Região Sul/Sudeste, marcado para às 18h30. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas na sede do Sindicato Rural ou a partir das 18 horas do dia 26, na secretaria de eventos, na sede do Sindicato.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.