Consultoria espera área de milho menor
CI
Imagem: Divulgação
ESTIMATIVA

Consultoria espera área de milho menor

Em relação à produção, a AgResource estima valores menores na primeira safra
Por: -Leonardo Gottems

A área plantada de milho no Brasil estimada pela AgResource em 20,35 milhões de hectares é 1,4% inferior ao número da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB). “O menor número da AgResource ocorre principalmente na segunda safra de milho (15,83 vs. 16,04 milhões de hectares), visto que importantes estados como Mato Grosso e Mato Grosso do Sul consolidaram áreas plantadas inferiores à indicada pela CONAB. Só no caso do Mato Grosso do Sul a agência estadual (FAMASUL) indica uma área consolidada de 168,7 mil hectares menor”, disse a consultoria.

“Essa diferença de área pode ser atribuída ao elevado custo de produção, o que forçou os agricultores a focarem os trabalhos de campo dentro da janela de plantio evitando ao máximo a semeadura além do dia 15 de março. Na safra passada, o atraso do plantio da soja teve reflexo no plantio do milho 2ª safra o que resultou em elevado risco aos produtores, quebra de produção e, em alguns casos, o não recebimento do seguro agrícola por conta do zoneamento agroclimático, o que gera esse receio de plantio tardio na safra atual.” afirma o analista da AgResource João Pedro Thieme.

Em relação à produção, a AgResource estima valores menores na primeira safra, em 21,94 milhões de toneladas, devido à ausência de chuvas, enquanto a CONAB elevou o número para 24,89 milhões de toneladas no relatório de abril devido a um aumento de área e produtividade. “Não acreditamos no aumento de área visto que as condições de plantio no sul do Brasil, onde temos a maior fatia do milho 1ª safra, não eram favoráveis o que não justifica a expansão. Além disso, a CONAB relata que as excelentes chuvas de março resultaram em alívio para as lavouras, porém com a maior parte dos campos já em estágio avançado de desenvolvimento, sabemos que a recuperação é limitada.” ressalta o analista.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.