Consumo de carne bovina atípico não dá sustentação ao preço da arroba do boi gordo

Agronegócio

Consumo de carne bovina atípico não dá sustentação ao preço da arroba do boi gordo

As incertezas em relação à tendência de preços do boi gordo continuam
Por:
340 acessos

As incertezas em relação à tendência de preços do boi gordo continuam. Embora a oferta de boiadas esteja longe de ser “confortável”, as indústrias seguem sem interesse de intensificar as compras, dado o nível de consumo atual. Isso mantém o mercado parado. No levantamento realizado pela Scot Consultoria, das trinta e duas praças pesquisadas, houve queda em sete praças e alta em uma na última quinta-feira (8/12). Apesar de mais recuos do que alta de preços, ainda não é possível identificar um viés baixista geral no mercado. Trata-se de ajustes pontuais em algumas praças.

Em São Paulo, a maioria das indústrias alinhou a oferta entre R$149,00 e R$150,00/@, à vista, e isso trouxe para R$149,50/@ a referência no estado. No mercado atacadista de carne bovina com osso houve alta e o boi casado de animais inteiros está cotado em R$9,49/kg. Porém, a carne sem osso vendida pela indústria recuou 1,2% em pleno início de mês. Os preços atuais destes produtos estão, em valores nominais, 2,2% menores que há um ano.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink