Contratos de julho e dezembro desvalorizam

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia os Termos de Uso e a Termos de Privacidade.


CI
Imagem: Pixabay
ALGODÃO

Contratos de julho e dezembro desvalorizam

O que chamou a atenção foi a valorização das cotações da pluma na bolsa de New York
Por: -Eliza Maliszewski

Os preços das paridades de exportação da pluma de algodão em Mato Grosso apresentaram queda na última semana. Assim, os contratos jul/21 e dez/21 tiveram desvalorizações de 1,53% e 1,43%, quando comparados aos da semana passada, cotados a uma média semanal de R$ 138,87/@ e R$ 142,96/@, respectivamente.

Tal aumento está atrelado a queda do dólar, que, por sua vez, desvalorizou 2,83% na média da semana passada. Por outro lado, o que chamou a atenção nesta semana foi a valorização das cotações da pluma na bolsa de New York, o que não foi suficiente para sustentar o preço em MT.

Segundo o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) para as próximas semanas, o mercado basicamente se pautará na divulgação dos dados de exportação de pluma dos Estados Unidos e no relatório de oferta e demanda do UDSA, o que poderá aumentar as cotações, visto que o mercado aguarda mais um corte na estimativa de estoques final nos EUA.

Diante da menor disponibilidade da pluma no mercado, o indicador Imea-MT valorizou 1,33% no comparativo semanal, cotado a uma média de R$ 166,45/@. O preço do caroço valorizou em mais uma semana, variação de +1,87% no comparativo semanal, alcançando novo recorde de R$ 1.972,84/t. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink