Cooperativa Bom Jesus distribui R$ 3,7 milhões em sobras aos associados

Agronegócio

Cooperativa Bom Jesus distribui R$ 3,7 milhões em sobras aos associados

Assembleia Geral apresentou resultados de 2010
Por: -Marianna
825 acessos
Assembleia Geral da Cooperativa apresentou os resultados de 2010, registrando aumento de faturamento e associados

A Cooperativa Agroindustrial Bom Jesus apresentou aos associados os resultados de 2010, em Assembléia Geral Ordinária realizada no último sábado (dia 05), na cidade da Lapa/PR. A cooperativa faturou R$ 260,8 milhões em 2010 e finalizou o ano com 3.681 associados, além de conquistar um resultado de R$ 9,2 milhões em sobras do exercício, sendo que R$ 3,7 milhões são distribuídos entre os associados, proporcional ao seu movimento.

Segundo o presidente da Bom Jesus, Luiz Roberto Baggio, no evento foi apresentada uma análise completa dos últimos quatro anos da cooperativa. "Neste contexto se torna fundamental avaliarmos o cenário econômico em que a Bom Jesus vem conquistando os resultados positivos na operação, passando pelas crises e ampliando os investimentos", declarou.

Nos últimos quatro anos, a Bom Jesus realizou R$ 29 milhões em investimentos, com foco na aquisição de novas unidades, modernização da infraestrutura existente, automação de carga e descarga, entre outros nas áreas de tecnologia da informação, comunicação e logística.

"Demonstramos ao nosso associado uma análise do cenário econômico existente, onde produtor e cooperativa se encontram nesta realidade, avaliando novas oportunidades de negócio e praticando uma gestão transparente e com eficiência", declara Baggio. A Bom Jesus figura entre as cinco cooperativas do Paraná com o melhor índice de gestão, segundo ranking elaborado pela Ocepar - Organização das Cooperativas do Paraná.

O evento contou com a presença do presidente da Ocepar, João Paulo Koslovski, que tem uma ligação histórica com a cooperativa da Lapa, instituição onde iniciou sua carreira no cooperativismo. "O maior desafio dentro de uma cooperativa é harmonizar o interesse individual em prol dos interesses coletivos, a maioria é que determina o sucesso da cooperativa", disse Koslovski citando um trecho de seu livro de cabeceira, Cooperativismo e Desenvolvimento.

O presidente da Ocepar apresentou os principais números do setor no Paraná, e citou as diretrizes de atuação da Ocepar para o ano de 2011, com foco no alinhamento das propostas com o novo governo do Estado. Além disso, reforçou o estímulo à prática da intercooperação. "A integração entre os negócios das cooperativas é a melhor maneira de fortalecer o setor", finalizou.

Durante a assembleia, também, o vice-presidente da Bom Jesus, Milton Locatelli apresentou os principais objetivos do planejamento até 2016. O plano prevê investimentos na ordem de R$ 40 milhões para os próximos quatro anos. "A discussão das estratégias e metas para o período entre 2011 e 2016 apontam para o crescimento e aumento da participação de mercado da cooperativa", definiu Locatelli.

EXERCÍCIO DA DEMOCRACIA - Outro importante assunto esteve em pauta na prestação de contas de 2010: a eleição do novo conselho de administração e fiscal. A votação foi unânime e definiu o grupo gestor para os próximos quatro anos, a atual diretoria ficou assim composta - diretor presidente, Luiz Roberto Baggio; vice-presidente, Milton Locatelli e diretor secretário, José Rubens Rodrigues dos Santos e os diretores conselheiros:Floriano Mica, Cláudio Francisco Knapik, Sérgio Hobus e Maria Hubertina G. H. Lourenço .

O evento encerrou a série de reuniões (pré-assembleias), que tiveram início em janeiro e envolveram aproximadamente 2700 associados/produtores da região. Segundo o presidente da Bom Jesus, Luiz Roberto Baggio, as pautas tratadas na AGO e nas pré-assembleias são fundamentais para a continuidade de um trabalho baseado nos princípios de governança corporativa.

"A AGO é um momento para exercer a democracia cooperativista, apresentando o compromisso da atual administração para garantir a confiança dos associados em sua cooperativa e a perenidade do negócio para as gerações futuras", declara Baggio, há muitos anos envolvidos com os ideais de desenvolvimento do cooperativismo na região.
As informações são da assessoria de imprensa da Cooperativa Agroindustrial Bom Jesus.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink