Cooperativa da Ilha do Marajó leva produtos de açaí ao Conbran

Agronegócio

Cooperativa da Ilha do Marajó leva produtos de açaí ao Conbran

A Coopavem nasceu em 2005 e é formada por 43 famílias da Ilha do Marajó, no Pará
Por:
703 acessos

O presidente da Cooperativa Agroextrativista da Veneza do Marajó (Copavem), José Sousa Cristo, recebeu com alegria o convite da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) para participar do espaço Caminhos da Sustentabilidade, dentro do XXIV Congresso Brasileiro de Nutrição (Conbran), em Porto Alegre (RS). O agricultor está expondo, até sábado (29), alguns dos produtos da cooperativa, como geleia e barrinha de açaí com guaraná, para apresentar para um público de mais de 4 mil nutricionistas. “É a primeira vez que participamos de um evento para nutricionistas e nossa expectativa é muito boa”, afirma José.

De acordo com o agricultor familiar, os produtos da Coopavem não precisaram passar por nenhum ajuste para serem habilitados a participar do Conbran, já que a Associação Brasileira de Nutrição (Asbran), responsável pelo congresso, possui exigências rigorosas em relação a níveis de açúcar, gorduras e sódio. “Somos um grupo de agricultores familiares e o nosso produto sempre foi feito desta forma. Ficamos satisfeitos em poder atender as normas do congresso”, disse José Sousa. 

A Coopavem nasceu em 2005 e é formada por 43 famílias da Ilha do Marajó, no Pará. Segundo o presidente da cooperativa, a comercialização dos produtos ainda é restrita e o congresso pode abrir as portas para novos negócios. “Temos um cliente no Rio de Janeiro, mas queremos apresentar o produto para que ele tenha maior alcance”, conclui.

A cooperativa é um dos nove empreendimentos que participam da Feira Caminhos da Sustentabilidade que foi aberta na quarta-feira (27) e acontece dentro do Conbran. A maior parte dos empreendimentos é da Região Norte do país e de origem extrativista. De acordo com a consultora da Sead Monica Batista, que acompanha os agricultores no evento, o espaço apresenta alimentação saudável e sustentável. Além de gerar renda aos agricultores e agregar valor aos produtos. “A nossa expectativa nos três dias de comercialização é atrair o público do congresso e mostrar que a agricultura familiar tem grande potencial, produtos saudáveis e sustentáveis, e que muitos saíram direto da floresta e estão contribuindo para a segurança alimentar”, afirma Monica.

Cooperativas da Agricultura Familiar

No espaço Caminhos da Sustentabilidade além da Copavem participam o Instituto Kabu: Povo Indígena Kayapó; a Cooperativa de Agricultores do Vale do Amanhecer (Coopavam); Encauchados Vegetais; Associação dos Agricultores Familiares do Alto Urupadi (Aafau);  Cooperativa Kayapó de Produtos da Floresta; Cooperativa Central do Cerrado;Cooperativa Central de Comercialização Extrativista do Acre (Cooperacre) e o Centro comunitário Rural de Conceição.

Leia mais sobre o Conbran nesta matéria e no site do evento.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink