Cooperativas receberam R$ 191 milhões do BRDE
CI
Imagem: Divulgação
NO PARANÁ

Cooperativas receberam R$ 191 milhões do BRDE

As linhas de crédito permitem que as agroindústrias cresçam
Por: -Eliza Maliszewski

Entre janeiro e novembro o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) financiou R$ 191,9 milhões para cooperativas do Paraná. As linhas de crédito têm foco em desenvolver as agroindústrias e permitir o avanço estadual, movimentando a economia. As maiores beneficiadas foram a Cooperativa Agroindustrial Consolata (Copacol), com sede em Cafelândia e a Lar Agoindustrial, sediada em Matelândia.

Por meio do Programa de Desenvolvimento Cooperativo (Prodecoop) do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o BRDE apoiou a Copacol em um projeto de expansão do frigorífico. A cooperativa contratou um financiamento de R$ 60 milhões, para aumentar a capacidade de abate diário de 330 mil para 360 mil aves ao dia. O montante previsto no plano de expansão é de R$ 210 milhões.

Esse investimento também auxilia na questão de empregos, já que a Copacol emprega 10,8 mil funcionários, sendo 5,5 mil no abatedouro. A cooperativa ainda participa da Unitá, cooperativa central que possui um abatedouro de aves em Ubiratã (Centro-Oeste). Hoje, a Unitá abate 340 mil aves ao dia e emprega 4,2 mil funcionários.

Recentemente, este abatedouro foi financiado pelo BRDE, em conjunto com outras instituições financeiras, em duas etapas (sendo a última concluída em 2019), no valor de R$ 111,5 milhões.

Também na região Oeste do Paraná, o banco financiou um projeto de ampliação de abate na Lar. O plano é que a capacidade de abate aumente de 340 mil para 460 mil aves ao dia. O projeto também será desenvolvido em duas etapas. Por isso, em 2020, a cooperativa, por meio do Prodecoop, obteve financiamento no valor de R$ 50 milhões para realizar a primeira etapa do projeto, orçada em R$ 55,8 milhões.

A segunda fase, orçada em R$ 66,6 milhões, já está em análise também. Após sua conclusão, em 2021, está prevista a contratação de 1.150 novos funcionários. Hoje, a cooperativa emprega 17,9 mil funcionários, sendo 7,5 mil somente no abatedouro.

Ligadas às cooperativas estão 79 agroindústrias. De acordo com a Ocepar, são 19 cooperativas com agroindústrias no segmento de carnes (que contemplam bovinos, suínos, frangos, peixes e cordeiros).
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink