Cooperativismo, produção integrada e café são tema do Encontro de Comércio Exterior

Agronegócio

Cooperativismo, produção integrada e café são tema do Encontro de Comércio Exterior

Nesta edição, que será realizada nos dias 1º e 2 de julho, em Vitória/ES, o Mapa será responsável pelo painel do agronegócio
Por:
133 acessos

Inserir cooperativas brasileiras no mercado internacional é o objetivo da parceria firmada entre os ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) para a participação nos Encontros de Comércio Exterior (Encomex), que visam estimular engajamento do setor produtivo na atividade exportadora.

Nesta edição, que será realizada nos dias 1º e 2 de julho, em Vitória/ES, o Mapa será responsável pelo painel do agronegócio, que abordará as Perspectivas do Café Conilon nos Mercados Nacional e Internacional, os mecanismos do Sistema Agropecuário de Produção Integrada (Sapi) e a Intercooperação para Acesso a Mercados.

De acordo com o analista de Comércio Exterior do Departamento de Cooperativismo e Associativismo Rural (Denacoop/Mapa), Flávio Costa, o painel aborda temas de interesse específico para o estado. “Neste ano, estivemos em Goiânia e a demanda das entidades parceiras locais era sobre os produtos orgânicos e, em Belém, que é um estado tradicional em fruticultura, apresentamos a importância da indicação geográfica”, ressaltou.

Além do painel, haverá oficina de cooperativismo, em que serão mostrados consórcios de cooperativas, passo a passo da exportação e casos de sucesso na exportação das cooperativas capixabas. Também será enfatizada como é feita a prevenção da introdução de pragas por embalagens de madeira.

O evento é destinado às cooperativas e a todo o setor produtivo interessado em exportar. A participação é gratuita e as inscrições podem ser feitas pelo endereço eletrônico: www.encomex.desenvolvimento.gov.br.

Encomex Internacional - Neste ano, ainda serão realizados mais seis Encomex nos estados de Minas Gerais, Ceará, Paraná, São Paulo, Paraíba e Rio Grande do Sul. Em setembro, haverá uma edição especial, com a participação de representantes de cooperativas do Mercado Comum do Sul (Mercosul). “A nossa meta é levar a mensagem de cooperação regional e de integração, para estimular os negócios, acessar mercados e buscar o progresso econômico, por meio da exportação”, finalizou Costa.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink