Coréia do Sul confirma segundo foco do vírus da gripe aviária

Agronegócio

Coréia do Sul confirma segundo foco do vírus da gripe aviária

O caso foi localizado numa fazenda situada a cerca de 3 km das primeiras instalações afetadas na semana passada
Por: -Redação
1 acessos

Enquanto a Indonésia anunciou nesta terça-feira (28-11) a morte de uma mulher de 35 anos por gripe aviária, o Ministério de Agricultura da Coréia do Sul confirmou um segundo foco do vírus H5N1 no país. O caso foi localizado numa fazenda situada a cerca de 3 km das primeiras instalações afetadas na semana passada pelo vírus, na cidade de Iksan, cerca de 230 km ao sul de Seul.

Morreram ontem cerca de 200 dos 12 mil frangos da granja. Agora, as autoridades sul-coreanas estudam uma possível conexão que explique a transmissão do vírus entre as duas fazendas. Como medida de prevenção, as autoridades sul-coreanas previam sacrificar esta semana 236 mil frangos e aves, além de outros animais, como cachorros, porcos e gatos.

Além disso, as autoridades sul-coreanas autorizaram hoje a suspensão das aulas nas 11 escolas localizadas num raio de 1,5 km das fazendas afetadas. Estes são os dois primeiros focos de gripe aviária na Coréia do Sul desde 2003, quando foram sacrificadas mais de 5 milhões de aves para evitar o contágio. Mas até agora não houve nenhum caso entre humanos no país. Desde 2003, o vírus H5N1 infectou 258 pessoas em 10 países, com 153 mortes, de acordo com a OMS.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink