Corol (PR) vai começar a produzir suco de uva

Agronegócio

Corol (PR) vai começar a produzir suco de uva

Os produtores abastecerão a cooperativa com uva de diversas variedades
Por: -Erika Zanon
5 acessos

A Corol Cooperativa Agroidustrial, instalada em Rolândia (25 km a oeste de Londrina), no Paraná, deu mais um passo dentro do Projeto Integrado, criado há 20 anos, que agrega pequenos e médios produtores da região. Na sexta-feira (20-01) foi iniciada oficialmente a industrialização da uva, que deve envolver logo no início cerca de 370 agricultores. Eles vão produzir a fruta e abastecer a cooperativa. No primeiro ano, a produção da bebida deverá alcançar 400 mil litros.

Desde 2001, a Corol já industrializa a laranja e conta com uma área plantada de 4,1 mil hectares e produz 7 mil toneladas de suco por safra. O novo processo consumiu investimentos na ordem de R$ 3,5 milhões para a adaptação e recepção da uva. "A nossa idéia é otimizar a indústria. Já temos uma infra-estrutura pronta que fica ociosa quando termina a safra da laranja", observou Eliseu de Paula, presidente da cooperativa. A expectativa é processar, em breve, outras frutas como abacaxi e maracujá.

Segundo ele, o mais importante da nova etapa é que a produção de suco concentrado da uva também fará parte do Projeto Integrado de Fruticultura. "O interessante é que o produtor participa de todo o processo industrial da cooperativa e não serve apenas como um distribuidor. Trabalhamos com a verticalização da produção e conseguimos bons resultados aos nossos associados", destacou De Paula.

O agricultor recebe toda a assistência técnica, desde a escolha das mudas, tem comercialização garantida e apoio financeiro, pois no início da colheita é feito um adiantamento para que ele pague as despesas. O associado também tem participação no resultado industrial.

Na opinião do presidente da Corol, o projeto agrega valor à produção, garante segurança, liquidez e rentabilidade. Além disso, gera empregos no campo, hoje com cerca de 500 trabalhadores na região. "Plantar uva é uma atividade lucrativa e que tem muito espaço para crescer", acrescentou. O Projeto Integrado teve início há 20 anos quando foram implantadas as primeiras agroidústrias de açúcar e álcool na região.

A Corol vai iniciar as atividades de industrialização da uva com uma área plantada de 360 hectares, que deverá produzir 100 toneladas de suco concentrado. A capacidade instalada é de 10 mil toneladas, com uma produção de 1,5 mil toneladas de suco. Toda a produção será destinada ao comércio interno -diferente da laranja onde 90% da produção é exportada. A tonelada do suco de uva concentrado está calculada em R$ 4,5 mil em média.

Para o chefe do núcleo regional da Secretaria de Estado de Agricultura e do Abastecimento (Seab), Gil Abelin, a iniciativa da Corol contribui para o projeto de diversificação do Estado. "Ficar só na soja e no milho não é a solução para o Paraná. Diversificar as culturas é fundamental e o Governo tem investido nisso", pontuou. Segundo Abelin, para incentivar o projeto da Corol, técnicos da Emater e do Iapar participaram oferecendo treinamento aos agricultores. Além disso, os produtores receberam apoio dos técnicos na parte de vigilância vegetal.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink