Corredor de Exportação do Paranaguá atinge maior movimentação da história


Agronegócio

Corredor de Exportação do Paranaguá atinge maior movimentação da história

De janeiro até hoje, foram 13,9 milhões de toneladas
Por:
1266 acessos
O Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá acaba de atingir a maior movimentação de sua história. De janeiro até esta segunda-feira (26), foram 13,9 milhões de toneladas de produtos exportados pelo Corredor. O recorde anterior foi registrado em 2001, quando foram exportados pelo complexo 13,8 milhões de toneladas de produtos.


Criado nos anos 70, o Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá escoa soja, farelo de soja, milho, açúcar e trigo. O sistema é único no Brasil e integra nove terminais que, juntos, tem capacidade nominal de armazenagem de 950 mil toneladas. O Complexo abastece três berços de atracação com velocidade de embarque de nove mil toneladas por hora.

Para 2012, a Appa está trabalhando no projeto de repotenciamento do Corredor de Exportação. Orçado em R$ 700 milhões, o projeto duplicará a capacidade nominal de embarque de grãos: de nove para 18 mil toneladas/hora. Com as obras, serão quatro berços dedicados exclusivamente ao embarque de granéis.


Além disso, a Appa tem outro projeto de construção de novas instalações de armazenagem de granéis. Elas serão construídas na área primária do cais, em substituição a armazéns antigos que hoje existem na área, aumentando a capacidade de armazenagem de 50 para 200 mil toneladas de grãos. Existem ainda os projetos da iniciativa privada que irão aumentar ainda mais a capacidade do Corredor. Com a conclusão destas obras nos próximos anos, a Appa irá ampliar a capacidade de armazenagem do Corredor de 950 mil toneladas para 1,5 milhão de toneladas.

“Iremos duplicar a capacidade de embarque e a capacidade de armazenagem. Estamos preparando os portos paranaenses para o futuro, para atender esta demanda cada vez mais crescente”, afirmou o superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Airton Vidal Maron.


Recordes - 2011 foi um ano de recordes para o Porto de Paranaguá. O Porto superou recordes históricos na movimentação de fertilizantes, soja, veículos, açúcar, receita cambial e na movimentação do Porto de Antonina, além da movimentação geral de mercadorias.

“Temos trabalhado com o intuito de facilitar a vida dos operadores, sem criar obstáculos e permitir a recuperação de cargas. Estamos seguindo as orientações do governador Beto Richa, sempre na busca do diálogo e preocupados que esta movimentação alavanque a geração de emprego e renda aos trabalhadores portuários”, afirma Maron.


Recordes atingidos pela Appa em 2011

Soja
6,7 milhões de toneladas em novembro/11
Marca anterior: 5,9 milhões de toneladas em 2003

Veículos
210,6 mil unidades em novembro/11
Marca anterior: 181,4 mil unidades em 2010

Fertilizante
8,5 milhões de toneladas em novembro/11
Marca anterior: 8,3 milhões de toneladas em 2007

Açúcar
4,1 milhões de toneladas em novembro/11
Marca anterior: 3,8 milhões de toneladas em 2010

Antonina
1,3 milhão de toneladas em novembro/11
Marca anterior: 1 milhão de toneladas em 2004

Receita Cambial
US$ 16,2 bilhões em novmebro/11
Marca anterior: US$ 14 bilhões em 2008

Corredor de exportação
13,9 milhões de toneladas em dezembro/11
Marca anterior: 13,8 milhões de toneladas em 2001

Movimentação geral
38,8 milhões de toneladas em novembro/11
Marca anterior: 38,2 milhões de toneladas em 2007

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink