Corretora avalia impactos da gripe aviária na Ásia

Agronegócio

Corretora avalia impactos da gripe aviária na Ásia

A pesquisa indica que as economias mais afetadas seriam a porção continental da China, Hong Kong e Cingapura
Por:
1 acessos

Caso ocorra uma pandemia de gripe aviária, a Tailândia, Vietnã e China seriam os epicentros do surto, segundo relatório da corretora Crédit Lyonnais Securities Asia (CLSA), realizado pela unidade de Hong Kong. A pesquisa indica que as economias mais afetadas seriam a porção continental da China, Hong Kong e Cingapura.

O primeiro surto de gripe aviária que atingiu a Ásia em 2003 custou aos países da região entre US$ 8 a US$ 12 bilhões, de acordo com o relatório da corretora. Dentre os custos, estão incluídos a morte ou sacrifício de mais de 140 milhões de aves e a quebra da produção e comércio de frangos.

Detectada pela primeira vez na Tailândia e no Vietnã no final de 2003, a variante mais letal da influenza (H5N1) também foi encontrada em surtos registrados no Camboja, China, Indonésia, Japão, Laos e Coréia do Sul. O relatório observa que em março de 2004, o número de casos havia diminuído, mas em junho do ano passado voltou a aumentar.

Por outro lado, a CLSA prevê boas oportunidades de negócios com realização de testes em frangos, monitoração de saúde pública, medidas sanitárias, vacinas e drogas antivirais. A corretora também observou que a crise levou as granjas a melhorarem as medidas de biossegurança, aumentando o volume produzido.

Segundo a corretora, a pesquisa foi feita considerando-se o número de vítimas entre os animais, pessoas infectadas, densidade de aves e populacional e recursos públicos para saúde. Desde janeiro de 2004, 70 pessoas já foram contaminadas pelo vírus da influenza, principalmente no Vietnã, e 48 pessoas morreram no Sudeste Asiático. As informações são da Dow Jones.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink