Corte de verba vai comprometer o combate à aftosa

Agronegócio

Corte de verba vai comprometer o combate à aftosa

A estimativa do Ministério da Agricultura era ter R$ 65,3 milhões em 2005 somente para o combate à febre aftosa
Por:
1 acessos

O contingenciamento de R$ 15 bilhões do Governo federal no Orçamento 2005 da União vai comprometer o combate à febre aftosa e a defesa sanitária na região de fronteira. Dos R$ 134,9 milhões previstos para a Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura (responsável pelo combate à doença), ficaram apenas R$ 37 milhões. A redução é de 72,58% neste ano, com o valor sendo o equivalente a um terço dos R$ 112 milhões do ano passado.

A estimativa do Ministério da Agricultura era ter R$ 65,3 milhões em 2005 somente para o combate à febre aftosa, porém os valores agora terão de ser revistos. O Estado de Mato Grosso do Sul ficaria com a segunda maior parcela de recursos dos Estados do Centro-Oeste, Sudeste e Sul para o combate à doença. A destinação para o programa neste ano seria de R$ 4 milhões, entretanto os valores terão de ser revistos. A divulgação desses valores foi realizada em Brasília, no Fórum Nacional de Secretários de Agricultura do País, no início do ano.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink