Corte na soja brasileira sobe preços nos EUA

ANÁLISE AGROLINK

Corte na soja brasileira sobe preços nos EUA

Consultor Michael Cordonnier reduziu sua estimativa de produção brasileira em 2,0 MT
Por: -Leonardo Gottems
289 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na quarta-feira (02.01) alta de 5,75 pontos no contrato de Março/19, fechando em US$ 9,1275 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 5,00 e 6,00 pontos.

O mercado norte-americano da soja teve mais um dia de ganhos nos principais contratos futuros, com o corte de 2,0 MT na estimativa de produção da safra brasileira de soja impulsionando as cotações em Chicago. “Declarações do Dr. Michael Cordonnier, um pesquisador americano que morou no Centro-Oeste do Brasil e que é a voz mais ouvida por Chicago, declarando que reduziu sua estimativa de produção da safra brasileira de soja em 2,0MT, para 119MT, foi o principal fator de alta do dia”, explica Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica.

De acordo com a Consultoria AgResource, o mercado voltou a fechar em alta para as principais commodities agrícolas operadas em Chicago: “Mesmo com a queda do mercado acionário americano, as commodities passaram a atrair mais atenção de investidores. A fragilidade apresentada pelo mercado acionário americano vem influenciando positivamente as expectativas dos compradores de commodities agrícolas”. 

“Um fator que pode aumentar os preços é a possível quebra de produção na américa do Sul. As estimativas da safra argentina vêm sofrendo com cortes, sendo de 2MT para soja e milho e um total de 18 MT para o trigo. No Brasil, fala-se em uma safra de soja de 116-118 milhões de toneladas. Esse cenário, se confirmado, não vai fazer com que as cotações explodam (a menos que a quebra seja maior), mas irá dar sustentação para as cotações futuras nas próximas semanas”, conclui a ARC.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink