Corte no orçamento prejudica pesquisas de café

Agronegócio

Corte no orçamento prejudica pesquisas de café

Os cortes do governo no orçamento da Mapa farão com que as pesquisas de café não tenham recursos até 31 de agosto
Por:
1 acessos
A "tesourada" do governo no orçamento do Ministério da Agricultura deixará as atividades de pesquisa e desenvolvimento de café sem recursos até 31 de agosto. "Não sobrou nada do orçamento inicial de R$ 12 milhões", disse Vilmondes Olegário, diretor do Departamento do Café, após reunião do Conselho Deliberativo da Política do Café (CDPC). Os recursos, aprovados para apoiar o Consórcio Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento do Café, são administrados pela Embrapa. Em 2004, o governo desembolsou R$ 8 milhões para as pesquisas do setor.


Entre as linhas financiadas por esses recursos no passado está o mapeamento do genoma do café, finalizado em outubro de 2004. A idéia, que nasceu da parceria entre o núcleo de biotecnologia do consórcio e o Instituto Agronômico de Campinas (IAC), permitirá ao país liderar a pesquisa genética global com o produto, além de garantir grãos com melhores aroma e sabor. O corte atingiu, ainda, pesquisas com a melhoria dos processos de colheita e cultivo, aproveitamento de resíduos, difusão e transferência de conhecimento, saúde e meio ambiente.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink