Cotação do trigo cai 1,3% em Chicago

Agronegócio

Cotação do trigo cai 1,3% em Chicago

Por:
1 acessos

Mercado é pressionado pelo aumento dos estoques canadenses. As cotações do trigo interromperam o movimento de alta que vinham apresentando nos últimos dois dias e fecharam o pregão de ontem com retração de 1,33% em comparação ao dia anterior. Os contratos com vencimento em maio foram negociados a 296,75 centavos de dólar por bushel (US$ 109,04 por tonelada) na Bolsa de Chicago, a menor cotação desde dezembro do ano passado.

A queda do pregão de ontem foi atribuída ao aumento dos estoques de trigo do Canadá. Relatório divulgado pelo país mostra que até 31 de dezembro estavam armazenadas 20,91 milhões de toneladas de trigo, 16,73% a mais do que o observado no mesmo período do ano anterior.

Mas não foi apenas os estoques canadenses que influenciaram o mercado. Traders disseram que há uma expectativa muito grande em relação ao tamanho dos subsídios às exportações de trigo que a União Européia concederá a seus produtores. O valor do subsídio deve ser divulgado hoje e será a primeira vez que a União Européia pagará aos agricultores desde 2003.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink