Cotações da soja e do milho recuaram

Agronegócio

Cotações da soja e do milho recuaram

Por:
404 acessos

Clima nos EUA. A gangorra climática continua a dar o tom das cotações dos grãos na bolsa de Chicago. Ontem os temores de que as temperaturas mais baixas do que o normal em regiões produtoras de soja e milho dos Estados Unidos podem prejudicar as lavouras se dissiparam, e, ainda que hoje o mercado possa acordar com outro humor, as cotações de ambos recuaram. Na soja, segundo a agência Bloomberg, os contratos com vencimento em novembro (pós-colheita americana) fecharam a US$ 9,16 por bushel, queda de 11 centavos de dólar (1,2%). No milho, os papéis para dezembro recuaram 1,75 centavo (0,5%), para R$ 3,28 por bushel. A soja está valendo, portanto, 2,8 vezes o valor do milho, o que ainda aponta uma boa vantagem para a oleaginosa. O ponto de equilíbrio é de cerca de 2 vezes.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink