CI

Cotações da soja voltam a cair

Nos últimos dias, as cotações internas da soja sofreram uma queda, refletindo a redução da demanda e a consequente menor liquidez no mercado


Foto: Divulgação

Nos últimos dias, as cotações internas da soja sofreram uma queda, refletindo a redução da demanda e a consequente menor liquidez no mercado. Pesquisadores do Cepea apontam que consumidores brasileiros do grão e seus derivados informam ter estoques abastecidos para o médio prazo, o que tem exercido pressão sobre os preços.

A diminuição nos valores também está relacionada à melhora do clima nas principais regiões produtoras do país. Ao mesmo tempo, a desvalorização foi contida pela alta dos prêmios de exportação no Brasil, impulsionada pelo ritmo intenso de embarques nacionais de soja. Segundo dados da Secex, apenas na primeira quinzena deste mês, foram exportadas 1,99 milhão de toneladas da oleaginosa, representando um aumento de 3,3% em comparação ao total exportado em dezembro de 2022.

A situação atual do mercado de soja no Brasil revela um equilíbrio delicado entre oferta e demanda, com a redução da procura interna contribuindo para a queda nos preços. Os produtores, por sua vez, enfrentam a pressão da necessidade de escoamento da produção em meio ao cenário de estoques já abastecidos.

O Cepea alerta que, embora a queda nas cotações seja um desafio para os produtores, a alta dos prêmios de exportação pode abrir oportunidades no mercado internacional.

Assine a nossa newsletter e receba nossas notícias e informações direto no seu email

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.