Cotribá (RS) dobra plantel de suínos

Agronegócio

Cotribá (RS) dobra plantel de suínos

Por:
20 acessos

Um comboio de cinco caminhões, especialmente preparados com baias, bebedouros, água enriquecida com minerais para hidratação, climatizado e com temperatura média cinco graus inferior à externa está sendo preparado para levar 3 mil matrizes de suínos pelos quase 2 mil quilômetros que ligam Nova Mutum, no centro-norte do Mato Grosso, ao município de Quinze de Novembro, no norte do Rio Grande do Sul. Serão 50 horas de viagem, dois motoristas por caminhão e paradas apenas para abastecer os veículos.

Tantas exigências serão cumpridas para atender à Cooperativa Agrícola Mista General Osório (Cotribá), que assina hoje o contrato de aquisição dos animais da Genetiporc do Brasil, que serão trazidos da unidade multiplicadora de genética, a Ideal Porc, de Nova Mutum. "A previsão é que os animais saiam do Mato Grosso no dia dez de março e dois dias depois desembarquem na cooperativa", diz Luciano Oliveira Teixeira, gerente de negócios da Genetiporc.

Nova unidade:

A cooperativa gaúcha está investindo R$ 10 milhões na construção de sua terceira unidade de produção, que irá produzir anualmente 87 mil leitões. Parte do investimento será pago com financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Apenas na compra das 3 mil matrizes foram destinados R$ 2 milhões.

Os animais serão abatidos na Cooperativa Aurora, à qual a Cotribá é uma das 17 associadas, com participação de 2,78% do capital total. A nova unidade irá ocupar área de 97 hectares dentro da cooperativa. Além disso, terá capacidade para tratar e armazenar 45 milhões de litros de dejetos, que serão produzidos pelos animais.

Com a aquisição das novas matrizes, a Cotribá irá praticamente dobrar o número de animais em produção. A cooperativa já possui 2,9 mil matrizes, adquiridas da Agroceres em 1996. A Cotribá resolveu entrar na produção e abate de animais como forma de absorver a produção de milho da região, que gira ao redor de 120 mil toneladas. A estratégia é fornecer os leilões aos associados para que sejam terminados e abatidos pela Aurora.

A primeira unidade de produção da cooperativa está localizada em Várzea Ibirubá, possui 1,75 mil matrizes e tem capacidade de produção de 40 mil leitões por ano. A segunda está instalada em Quinze de Novembro, possui 1,17 mil matrizes e produz anualmente 26 mil leitões, além de 20 mil novas matrizes, que são aproveitadas na própria cooperativa e comercializadas no estado.

Juntas, as três unidades de produção terão capacidade de produzir 153 mil leitões por ano, ou seja, 420 unidades por dia. Os animais serão abatidos na Aurora, com objetivo de abastecer tanto o mercado interno quanto o externo. "Os baixos preços do milho e da soja são um estímulo extra para a produção de suínos, já que a ração é um dos principais custos", diz Ferreira, da Genetiporc.

Povoamento imediato:

Para manter todas as condições sanitárias, a Genetiporc pretende povoar a nova granja da Cotribá com as 3 mil matrizes em um tempo recorde. A instalação dos animais na granja, que geralmente é feito em cinco meses, será realizada em cerca de 20 dias.

"Nos quinze anos em que trabalho na área de suínos, nunca vi um povoamento desse tamanho ser feito em tão pouco tempo", diz Ferreira, ao lembrar que os animais que virão do Mato Grosso possuirão entre 50 e 150 dias de vida, com peso de 20 a 100 quilos. A agilidade no povoamento é importante para que as matrizes se adaptem e possam começar a produzir o mais rápido possível.

A rapidez no atendimento e o cumprimento de exigências sanitárias foram os principais motivos que levaram a Cotribá a escolher a Genetiporc. "Havia uma exigência de que todas as matrizes saíssem de uma única unidade de produção, para que o risco de infecção fosse praticamente nulo. Cumprimos a exigência e garantimos que o povoamento será feito o mais rápido possível".


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink