CPI avalia tributo no setor orizícola
CI
Agronegócio

CPI avalia tributo no setor orizícola

Por:

A carga tributária esteve em pauta, na segunda-feira (12), na reunião da CPI do Arroz. O presidente do Irga, Claudio Pereira, destacou que o principal fator desencadeante da perda de competitividade do setor é a guerra fiscal entre os estados. "Desta forma, os estados ficam com pouca margem para negociação", avaliou. Representando a Fetag, Márcio Lang ressaltou que 25% do custo da produção do arroz são tributos. "Vamos enfrentar essa questão para que a cadeia produtiva saia fortalecida", disse o presidente da CPI do Arroz, Jorge Pozzobom.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.